Suspeito de aplicar golpe de R$ 1 mi é preso com 15 carros de luxo

As vítimas eram os proprietários de um tradicional restaurante

Um homem de 41 anos foi preso suspeito de aplicar um golpe avaliado em mais de R$ 1 milhão em Curitiba. A divulgação foi feita nesta segunda-feira (28) pela Polícia Civil.

A vítimas são proprietárias de um tradicional restaurante da capital paranaense. A prisão foi uma ação do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), unidade de elite da Polícia Civil do Paraná. A mulher do suspeito e outro homem também foram detidos. Os policiais apreenderam 15 carros de luxo avaliados em mais de R$ 1 milhão na casa deles, no bairro CIC, em Curitiba. 

O preso trabalhava no setor financeiro do restaurante e, desta maneira, tinha acesso às contas bancárias das vítimas. De posse dos dados, ele começou a fazer transferências, desviando recursos da empresa. Existe a suspeita que ele tenha falsificado a assinatura em cheques para movimentar os recursos.

“A suspeita é que o golpe pode ter rendido mais de R$ 1 milhão para o casal”, disse o delegado titular do Cope, Rodrigo Brown. “O rapaz afirmou que fazias transferências regulares de R$ 30 mil e R$ 50 mil e sempre investia em carros de luxo para posterior revenda”, completou. 

Três pessoas foram presas
Três pessoas foram presas

Na residência do casal os policiais do Cope encontraram diversos carros de luxo - duas BMW, dois Audi, dois Camaro, um Corvette, Ford Edge, Fremont, Toro, uma Amarok, um Optima, dois Marea e um Golf. 

“Os veículos estavam no nome de Fernanda, que é empregada doméstica. Os carros são avaliados em mais de R$ 1 milhão, um patrimônio completamente incompatível”, completou Brown. 

Além dos carros, os policiais encontraram cerca de R$ 8 mil em dinheiro e uma carga desviada de biscoito servido no restaurante. A investigação começou no início desta semana, quando um advogado de Curitiba levou os empresários até o Cope. 

“Foi uma investigação rápida e eficiente. Em poucos dias, com o auxilio do Poder Judiciário, chegamos à prisão do casal, que poderia fugir, já que o rapaz estava em processo de demissão”, disse Brown. 

No outro endereço, no Centro de Curitiba, na casa de uma irmã do ex-funcionário, os policiais encontraram outra parte da carga. Lá, foram apreendidas ainda diversas munições de uso restrito, além de três armas com registro vencido, uma máquina de recarga de munição e insumos de recarga. Neste local, outro homem foi detido e vai responder por posse ilegal de munição de calibre restrito. O casal teve a prisão preventiva decretada e vai responder por estelionato e lavagem de dinheiro.

15 carros de luxo foram apreendidos na casa do casal
15 carros de luxo foram apreendidos na casa do casal



Fonte: Uol
logomarca do portal meionorte..com