Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

TCE-PI autoriza auditoria no Transporte Público de Teresina

A auditoria foi proposta pelo vereador Dudu (PT).

Compartilhe

Durante sessão nesta quinta-feira (10/05), o Tribunal de Contas do Estado (TCE-PI) aprovou a realização de uma auditoria no sistema de transporte público urbano de Teresina. A auditoria foi proposta pelo vereador Dudu (PT), em requerimento feito ao Tribunal.

A decisão pela auditoria foi feita pela conselheira Lílian Martins, e tem por objetivo apurar o funcionamento do Sistema Inthegra como um todo, desde os custos, passando pelas linhas de ônibus, pelo atendimento à demanda da população e toda a operacionalização do transporte público da capital.

“Isso mostra que é preciso trazer à luz muitos fatos que envolvem as licitações no transporte público de Teresina, haja vista aquele problema grave que causou a retirada de ônibus do consórcio Poty do Inthegra por falta de pagamentos ao empresário proprietário dos veículos, causando uma insegurança à população, que fica sem ter a certeza de que terá ônibus para transporta-los”, comenta Dudu.

 src=


A solicitação inicial do vereador Dudu (PT), pedia a investigação da licitação que escolheu as empresas responsáveis pela operação do Sistema Inthegra. Já a conselheira Lílian Martins propôs estender a auditoria a todo o sistema de transporte público da capital, sendo seguida por todos os conselheiros presentes à sessão.

“O TCE-PI prontamente atendeu esta solicitação que irá se estender ao sistema Inthegra como um todo, já que há indícios de superfaturamento nas obras dos terminais e paradas de ônibus”, declara o vereador que afirma que irá acompanhar passo a passo esta investigação do órgão.

A decisão desta quinta-feira amplia a abrangência de medida já aprovada em março, quando o Tribunal aprovou a realização de uma auditoria operacional no Sistema Inthegra, proposta pelo Ministério Público de Contas (MPC), a fim de avaliar o desempenho do sistema e o atendimento ao direito do usuário a um serviço público de qualidade.

Para o vereador Dudu, uma CPI do Transporte Público de Teresina precisa ser instaurada na Câmara de Teresina para investigar à fundo o que acontece na relação Prefeitura, SETUT e empresários.

“A Câmara pode ter este instrumento de investigação, que é a CPI e que tenho insistido que ela exista. Não podemos continuar de braços cruzados vendo os empresários dizendo que estão falidos, a Prefeitura devendo milhões ao SETUT, mas infelizmente a base do governo Firmino segue negando esta CPI”, finaliza Dudu.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar