Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Técnico em radiologia foi morto por dívida com pistoleiros, diz MP-PI

Kleiton Ângelo tinha 25 anos e foi morto a tiros em dezembro de 2019 em Teresina.

Compartilhe

O Ministério Público do Piauí denunciou, nesta sexta-feira (04), que o assassinato do técnico de radiologia do Hospital Getúlio Vargas (HGV), Kleiton Ângelo Guedes Assunção Martins, teria sido causado por uma dívida com pistoleiros. Kleiton tinha 25 anos e foi morto a tiros em dezembro de 2019 em Teresina.

Segundo o MP, o jovem teria contratado uma dupla de pistoleiros, identificados como Juniel Sousa Silva Lima e Antônio Paulo de Oliveira, para matar uma pessoa pelo valor de R$ 6 mil, mas acabou desistindo e causando a revolta dos profissionais do crime.

Os criminosos, então, decidiram atrair Kleiton, sob a desculpa de vender um colar de ouro, em um local na Taboca do Pau Ferrado, zona rural de Teresina, onde a execução foi realizada com 9 tiros. A denúncia ainda afirma que, antes do crime, o jovem teria pedido R$ 1 mil para um primo e parecia estar "nervoso e desconfiado" quando foi buscar a quantia. 

Juniel Sousa Silva Lima e Antônio Paulo de Oliveira foram presos, um em São Paulo e outro em Teresina, e aguardam julgamento.

Kleiton Ângelo Guedes Assunção Martins


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar