Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Emoji de 'OK' vira símbolo de ódio e Instagram vai remover fotos

O Instagram adotou novas regras para combater o discurso de ódio

Compartilhe
Google Whatsapp

O Instagram passará a apagar fotos de usuários que reproduzirem o sinal de "OK" com as mãos. A partir desta quinta-feira (10), o menu de denúncia do aplicativo lista entre os critérios de remoção "gestos do movimento de supremacia branca". O gesto "OK" foi apropriado pelo movimento branco americano para indicar "white power" nas redes, e a popularização do símbolo o fez entrar para a lista de símbolos de ódio da Liga Antidifamação (ADL, em inglês), organização dos Estados Unidos responsável por monitorar crimes de ódio.

Divulgação/Emojipedia 

Como resposta, o Instagram adotou novas regras para combater o discurso de ódio no ambiente online com a ferramenta de denúncia de posts, que pode resultar na exclusão do conteúdo ofensivo e no banimento do usuário da rede social. Como o sinal de "OK" tem um significado original diferente, a ADL recomenda tomar "cuidados especiais para não tirar conclusões precipitadas sobre a intenção de alguém que usou o gesto", já que em alguns casos ele pode ter sido utilizado com o objetivo de demonstrar aprovação ou indicar que está tudo bem.

Origem da polêmica

Em 2017, alguns usuários do fórum 4Chan divulgaram maliciosamente que o sinal de “OK” era um símbolo do poder supremacista branco. De acordo com o grupo, o gesto significa que os três dedos retos formam a letra "W" (de white, branco em português), enquanto o polegar e o indicador fechados se referem à letra "P" (power, que traduz como poder). A notícia falsa se popularizou entre a extrema-direita, e o sinal passou a ser usado em insultos e mensagens ofensivas no ambiente online.

O símbolo de supremacia branca se popularizou na Internet nos últimos meses. Em março, o responsável pelo massacre de 51 pessoas em Christchurch, na Nova Zelândia, realizou o gesto de "OK" ao ser apresentado ao tribunal. Dois meses depois, o Facebook baniu por 30 dias um eleitor de Donald Trump por fazer o sinal de mão "OK" em uma foto.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto

×