Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Instagram expande função que aproxima rede social do TikTok

Reels é continuação de um recurso que estava em testes no Brasil, chamado Cenas

Compartilhe

O Instagram anunciou nesta terça-feira (23) que vai expandir a função Reels, criando um novo espaço para compartilhar conteúdo na rede social. A novidade adiciona uma nova seção nos perfis, que vai reunir vídeos curtos e que tenham algum tipo de efeito ou de edição.

O conceito é bastante parecido com o que existe no TikTok e no antigo Vine, um app do Twitter que foi descontinuado.

A novidade é a continuação de um recurso lançado exclusivamente no Brasil no ano passado, chamado de Cenas. Além do Brasil, França e Alemanha também recebem a novidade, que chega para os usuários a partir de quarta (24).

Até então, o Cenas não tinha um espaço definido para exibição: ele era uma versão das Stories e aparecia dessa maneira quando publicado. Os pequenos vídeos feitos pelos usuários também eram inclusos em uma parte específica da seção Explorar.

Divulgação/Instagram 

Segundo Vishal Shah, vice-presidente de produto do Instagram, há uma demanda por vídeos que tenham curta duração, mas, ao mesmo tempo, tenham grande carga de criatividade. “As pessoas têm compartilhado cada vez mais esse tipo de conteúdo no Instagram”, disse.

Para ele, com o teste do Cenas no Brasil, o Instagram percebeu que a efemeridade dos stories não era compatível com a criação e o trabalho por trás de um vídeo editado. Por isso, escolheram criar uma nova seção para que esse tipo de conteúdo pudesse ficar armazenado.

“Escolhemos introduzir um novo formato para que pudéssemos deixar as regras de maneira mais simples”, afirmou.

Apesar do anúncio, que se soma a outras iniciativas recentes de conteúdo no Instagram, Shah afirma que o intuito é não deixar o aplicativo complicado e que eles estão dispostos a incluir e remover funções da plataforma.

Atingir maior audiência

Uma das diferenças do Reels para o restante do conteúdo no Instagram é como o conteúdo é compartilhado. Diferente de redes como o TikTok, em que uma publicação pode ser exibida para todos os usuários, o conteúdo no Instagram é principalmente distribuído entre os seguidores dos usuários.

Nesse sentido, o compartilhamento do Reels será mais próximo do TikTok, com o usuário podendo escolher se quer que o vídeo que está publicando seja apresentado na aba Explorar do app.

De acordo com Shah, 50% dos usuários já fazem consumo de conteúdo na aba Explorar e usam essa seção para descobrir novos interesses e perfis.

“Acredito que as pessoas não necessariamente compartilham conteúdo [no Instagram] com o objetivo de serem descobertas por uma grande audiência”, disse sobre a mudança de cultura na plataforma. Para ele, atualmente existe uma grande comunidade de criadores já estabelecidos no Instagram, mas novas funções, como o Reels, podem ajudar a próxima geração de criadores e ser descoberta.

A visualização de outros Reels também vai acontecer na aba Explorar. Segundo Shah, esse conteúdo vai ser exibido com um misto de algoritmo de indicação, com base nos interesses do usuário, e curadoria humana, para entender contexto cultural da região, por exemplo.

Outra novidade para descoberta de conteúdo é a possibilidade de ver os Reels já feitos com um áudio. "Quando você compartilha um reel com o áudio original, ele é atribuído a você e, se você tiver uma conta pública, as pessoas podem criar Reels com o seu áudio", afirmou o Instagram. Essa é também uma forma de visualização comum no TikTok.

Como funciona?

Para criar, o processo é o mesmo que já acontecia com o Cenas: existe uma funcionalidade específica para esse conteúdo na parte da câmera.

Veja quais são as ferramentas disponíveis para criar os Reels:

Áudio: é possível selecionar uma música ou um áudio que já existe na biblioteca do Instagram;

Velocidade: permite acelerar ou diminuir a velocidade dos quadros do vídeo;

Temporizador e contagem regressiva: permite ao usuário gravar com as mãos livres ou sincronizar a gravação com a música escolhida;

Filtros e efeitos do Instagram: os filtros que já existem na rede social, como tela verde, estarão disponíveis;

Ferramenta de edição: permite fazer cortes e adicionar novas cenas ao vídeo, com diferentes trechos, que podem ser ordenados. Também é possível revisar o trecho clicando na imagem, ou excluí-lo e gravá-lo novamente.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar