Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Preço iPad mini prova que Apple não quer vender tablets baratos

É o que mostra a análise da empresa IHS, que destrinchou o aparelho.

Preço iPad mini prova que Apple não quer vender tablets baratos
Preço iPad mini prova que Apple não quer vender tablets baratos | Reprodução
Compartilhe

Ao contrário do que se pensava antes da chegada do iPad mini, a Apple nunca teve a intenção de lançar um tablet com preço baixo. É o que mostra a análise da empresa IHS, que destrinchou o aparelho e chegou à conclusão de que a companhia da maçã gasta cerca de US$ 188 (cerca de R$ 385) para fabricar o dispositivo. Assim, a empresa poderia vender seu tablet por preço bem inferior, mas optou por comercializá-lo por US$ 349 (cerca de R$ 710) e ganhar 85% de lucro sobre cada unidade.

O posicionamento de mercado do iPad mini é bem diferente do que acontece com o Kindle Fire, da Amazon, por exemplo. A fabricante, ao contrário da Apple, chega a ter prejuízo para fabricar o tablet e vendê-lo a um bom preço. O site iSuppli, antigo nome do IHS, também fez uma análise sobre o custo do aparelho e chegou a uma conclusão curiosa: ele custa US$ 201,70 (cerca de R$ 410) para ser produzido, mas é vendido por somente US$ 199 (R$ 405). O prejuízo da Amazon, porém, seria compensado pela venda de e-books e aplicativos para o tablet.

Esta análise comprova que a intenção da Apple não é mesmo vender tablets baratos ? aproveitando a marca iPad, hoje a grande líder no segmento dos tablets, para cobrar mais caro pelos modelos. Com isso, a empresa levou duras críticas a respeito do preço cobrado pelo aparelho, que é muito maior que o dos concorrentes Nexus 7 e Kindle Fire, sendo que o aparelho em si não tem especificações superiores à dos rivais.

No mesmo relatório em que fala dos custos do iPad Mini, o IHS destaca que o tablet Surface, da Microsoft, custa US$ 271 (R$ 540) para ser fabricado - e é vendido a US$ 499 (cerca de R$ 1 mil) -, enquanto cada unidade do Kindle Fire HD é produzida por somente US$ 165 (R$ 230) - e comercializada também a US$ 199. Ou seja, se comparada com os concorrentes, a Apple é quem mais ganha em cima do preço dos tablets atualmente.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar