Teresina:19 milhões investidos na qualidade da alimentação escolar

Os recursos, cerca de 19 milhões, são oriundos do (FNDE).

A Prefeitura de Teresina investe cerca de R$ 19.000.000,00 anualmente com alimentação escolar, incluindo o gênero da agricultura familiar. No ano passado, 97.631 alunos matriculados nas escolas da Rede Municipal de Ensino receberam 143.453 refeições diariamente, contabilizando um total de 28.690.600.

Os recursos são oriundos do Fundo Nacional de Desenvolvimento Educacional (FNDE) para o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), sendo complementado com aproximadamente R$ 10.000.000,00 com recursos municipais, tudo isso para garantir alimentação correta e de qualidade para os alunos.

Teresina:19 milhões investidos na qualidade da alimentação escolar
Teresina:19 milhões investidos na qualidade da alimentação escolar

“A Educação é nossa prioridade e, para que nossas crianças e adolescentes estejam concentrados com os estudos é necessário que tenham uma alimentação balanceada. Assim temos que ter o cuidado de oferecer recursos suficientes para proporcionar uma alimentação escolar com todos os cuidados e todos os nutrientes necessários para o crescimento saudável das crianças”, garantiu o prefeito Firmino Filho.

De acordo com dados fornecidos pela Divisão de Nutrição da Semec os lanches e refeições completas são oferecidos de acordo com as modalidades de ensino. As crianças da Educação Infantil de tempo integral recebem quatro refeições diárias: as da pré-escola e Educação Infantil (parcial) - duas refeições; Ensino Fundamenta, AEE, e EJA  - uma refeição por dia e para as crianças do Programa Mais Educação o total é de três refeições diárias.

Para atender às exigências da PMT,  diretores das Unidades de Ensino Municipal estão participando de capacitação realizada pela equipe da Secretaria Municipal de Educação (Semec), através da Gerência de Assistência ao Educando, responsável pela Divisão de Nutrição.

A formação teve início na quarta-feira (18), no Centro de Formação Professor Odilon Nunes, localizado na zona Norte, e é dirigida para os gestores no gerenciamento eficiente do Programa Nacional de Alimentação Escolar - PNAE

A higienização correta, acondicionamento, manipulação do preparo dos alimentos e preparação das refeições foram pontos discutidos durante a formação. O controle do desperdício foi um dos principais temas discutidos durante o encontro, os profissionais que trabalham diretamente com o preparo da alimentação escolar foram orientados a fazer o preparo da quantidade necessária diária para que nada seja jogado fora. 

Todo cardápio oferecido pelas escolas municipais são elaborados por nutricionistas para garantir uma alimentação saudável e adequada necessária para o desenvolvimento das crianças e adolescentes. Os lanches trazidos de casa pelos estudantes também foram debatidos durante a capacitação, isso também requer atenção.

“A Equipe de Nutrição a cada semestre faz esse trabalho de capacitação tanto com a equipe gestora das escolas como também com os profissionais que realizam o preparo desses alimentos para que as necessidades nutricionais diárias dos alunos sejam atendidas”, explica a gerente de Assistência ao Educando, Madalena Leal.


Fonte: Portal Meio Norte
logomarca do portal meionorte..com