mais

Teresina registrou 107 casos de abusos sexuais infantis em 2020

De acordo com Eliana Lago, secretária da Semcaspi, a negligência, violência física e a psicológica e ainda o abuso sexual estão no topo do ranking de atendimento dos conselhos tutelares de Teresina.

Dados de atendimentos dos Conselhos Tutelares de Teresina disponibilizados pela Secretaria de Cidadania, Assistência Social e Políticas Públicas (Semcaspi), referentes ao ano de 2020, apontam que foram registrados 165 casos de violência física, 113 de violência psicológica, e 107 de abusos sexuais contra crianças e adolescentes na capital piauiense. Somente este ano, de janeiro a fevereiro, foram contabilizados 25 casos de violência física, 13 de violência psicológica e 23 casos de abuso sexual.

De acordo com Eliana Lago, secretária da Semcaspi, a negligência, violência física e a psicológica e ainda o abuso sexual estão no topo do ranking de atendimento dos conselhos tutelares de Teresina. Diante disso, a secretaria decidiu lançar uma campanha que tem como objetivo dar visibilidade as formas de prevenir e enfrentar tais violações contra crianças e adolescentes, trazendo em destaque a rede de proteção disponibilizada pelo município.

Violência contra crianças e adolescentes é tema de campanha (Foto: divulgação)Violência contra crianças e adolescentes é tema de campanha (Foto: divulgação)

Por meio do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo (SCFV), ocorre na terça-feira, (11), a campanha “Respeite-me! Meu Corpo Não é Brincadeira, Chega de Violência Contra Crianças e Adolescentes”. O lançamento da campanha acontecerá, a partir das 7h, no cruzamento das avenidas Frei Serafim e Desembargador Pires de Castro, no Centro de Teresina.

"A campanha vai atuar na prevenção e no enfrentamento a estas violências, levando informação e conhecimento para este público sobre a nossa rede de proteção. Temos em nossa rede de proteção os Cras, os Creas, e os conselhos tutelares, que são a porta de entrada para atendimentos de pessoas em situação de risco social ou que já tiveram os seus direitos violados”, esclarece Eliana Lago.

Segundo Villar Neto, coordenador do SCFV, a campanha vai trabalhar a prevenção e o enfrentamento ao abuso sexual e a violência contra criança e adolescente em Teresina, orientando a sociedade na forma de agir diante de uma ocorrência.

“As crianças e adolescentes vítimas de violência apresentam diversas mudanças de comportamento, que devem ser observadas e refletem no humor, no isolamento, no desempenho escolar ou até mesmo, o surgimento de comportamento sexual inadequado. As violências contra este público, muitas vezes, acontecem no seio familiar. Estamos alertando a sociedade para identificar e denunciar estas situações, mesmo que de forma anônima, para que os órgãos competentes possam averiguar as situações e dar os devidos encaminhamentos”, explicou.

I CONCURSO DE VÍDEO SOCIOEDUCATIVO

A campanha “Respeite-me! Meu corpo não é brincadeira! Chega de violência contra criança e adolescente” promoverá também o I Concurso de Vídeo Socioeducativo, no período de 10 de maio, até 23h55, do dia 12 de maio deste ano. O (a) candidato (a) deverá produzir um vídeo caseiro, publicar no Instagram e marcar o perfil oficial da Semcaspi.

O concurso é voltado para todas as crianças e adolescentes de 06 a 17 anos, que participam do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo (SCFV) de cada território trabalhado pela política de assistência social de Teresina, tanto na zona urbana quanto rural.


Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail