Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Pacientes de Manaus com covid-19 só virão para Teresina nesta sexta

A aeronave não decolou por falta de oxigênio suficiente para a remoção dos pacientes com segurança

A aeronave que vai remanejar os 30 pacientes de Manaus (AM) com Covid-19 não decolou nesta quinta-feira (14) por falta de oxigênio suficiente para a remoção dos pacientes com segurança , segundo informações da Fundação Municipal de Saúde (FMS).  A previsão é que o avião da Força Aérea Brasileira só decole nesta sexta-feira (15). A FMS aguarda a definição do Ministério da Saúde sobre o novo horário do vôo.

Anteriormente, o voo precisou ser adiado para às 18 horas devido a problemas na logística do abastecimento de oxigênio da aeronave. A chegada estava prevista para às 13 horas. Pelo menos 11 ambulâncias foram disponibilizadas para o transporte dos pacientes ao Hospital Universitário (HU), sendo duas avançadas e nove básicas, além de equipe de triagem, oxigênio, máscaras e cadeiras de rodas. 

Foto - Raíssa Morais/ Jornal Meio NorteFoto - Raíssa Morais/ Jornal Meio Norte

O superintendente do Hospital Universitário (HU), Paulo Márcio, disse que eles foram transferidos por segurança devido ao caos que se instalou em Manaus por conta da falta de oxigênio para pacientes nos hospitais. Outros 5 estados, além do Piauí, estão recebendo os amazonenses. “São 30 leitos disponibilizados para eles em uma área específica. São pacientes que estão bem. Que estão precisando de pouquíssima quantidade de oxigênio; inclusive com  a ideia de que eles nem precisem. Mas são leitos equipados para caso um pacientes desse precise”, disse. 

HU descarta que pacientes possam trazer nova cepa

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) atestou que uma nova cepa do coronavírus foi identificada no Amazonas. Segundo o estudo, a variante teria evoluído de uma linhagem viral que circula no estado. Sobre esse tema, Paulo Márcio assegurou que esses 30 pacientes estão bem, com o vírus habitual. “Os pacientes estão bem, estão estáveis e com Covid-19 habitual. As cepas diferenciadas que estão se apresentando de cara tornam os pacientes graves, que precisam de respiração mecânica. Nada disso. São pacientes que estão bem e com sinais e sintomas de Covid habitual. Eles estão vindo com segurança. Eles não estão vindo com pé na cova. Estão vindo por segurança caso em Manaus falte oxigênio para eles”, reiterou.

A capital amazonense passa por um aumento dramático no número de casos, internações e mortes por Covid-19 — a média móvel de mortes cresceu 183% nos últimos 7 dias. Médicos e acompanhantes estão transportando cilindros nos próprios carros para levar aos hospitais. O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, visitou o Amazonas nesta semana e afirmou que Manaus é "prioridade nacional neste momento".

LEIA MAIS:  Governo do Piauí apresenta Plano de Vacinação nesta sexta-feira (15)

LEIA MAIS: Prefeitos dizem que Pazuello anunciou vacinação na quarta-feira (20)

 

 


Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push
<