Tiroteio em festival mata 59 e fere 500 em Las Vegas, nos EUA

Polícia matou atirador; número de vítimas deve aumentar

Atualizado às 11h40

O Estado Islâmico assumiu a responsabilidade pelo ataque, segundo o grupo SITE, especialista em monitorar atividades de grupos terroristas, citado pela Reuters. Mas as autoridades americanas afirmaram não haver nenhuma evidência de radicalização do atirador.

A ex-secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, lamentou as mortes. Ela observou que as vítimas fugiram e tentaram se proteger após ouvir os primeivros tiros. "Imagine quantas mortes haveria se o atirador tivesse um silenciador, cuja compra o lobby pró-armas quer tornar mais fácil".

O Itamaraty lamentou as mortes e afirmou que, até o momento, não há relatos sobre vítimas brasileiras.

Atualizado às 10h30

Após investigações rápidas, o xerife Joe Lombardo afirmou que o atirador se matou antes da chegada da polícia. Ele tinha "mais de 10 armas". Há 58 mortos e pelo menos 500 feridos, segundo os agentes.

O Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos disse que não há ameaças específicas envolvendo outros locais públicos no país após o tiroteio em Las Vegas.

Eric Paddock, irmão do atirador, disse que a família está espantada com a notícia. "Não temos ideia. Estamos horrorizadas. Estamos transtornados e mandamos condolências às vítimas", disse, em entrevista por telefone, com a voz trêmula, para a agência Reuters.

Investigação continua
Investigação continua entre os policiais

Tiroteio em festival mata 50 e fere 200 em Las Vegas, nos EUA

Cerca de 50 pessoas morreram após um homem realizar um tiroteio contra o público de um festival de música country no cassino Mandalay Bay em Las Vegas (EUA) na madrugada desta segunda-feira (2).  Mais de 200 pessoas ficaram feridas.

O atirador abriu fogo a partir do 32º andar do Mandalay Bay antes de ser morto pela polícia. Ele foi identificado como Stephen Paddock, um homem de 64 anos que morava em Las Vegas. Em seu quarto foram encontradas várias armas, segundo o chefe de polícia do condado de Clark, Joseph Lombardo.

Tiroteio deixou pelo menos 20 pessoas mortas em Las Vegas (Crédito: David Becker/Getty Images/Associated Press)
Tiroteio deixou pelo menos 50 pessoas mortas (Crédito: David Becker/Getty Images/AFP)

É o maior tiroteio em massa da história dos Estados Unidos em número de mortos, ultrapassando as 49 vítimas mortas no atentado a uma boate de Orlando no ano passado.

 "Nós não temos nenhuma ideia de qual era o sistema de crenças dele", disse Lombardo. "Agora, nós acreditamos que ele era o único agressor e que a cena está estável".

Cerca de 40 mil pessoas assistiam ao festival de música country, chamado Route 91 Harvest Festival. No momento dos tiros, o cantor Jason Aldean se apresentava; mais tarde, ele informou que ninguém de sua equipe saiu ferido.

 Logo após o incidente, a polícia saiu à procura de Marilou Danley, identificada como companheira do autor. Ela estaria com ele no hotel, mas a informação não foi confirmada. A polícia ainda não esclareceu se a mulher participou do crime de alguma maneira.

A princípio, a imprensa local tinham interceptado as comunicações policiais por rádio que falavam da possibilidade de que os agressores fossem dois e que estavam armados com fuzis.

Tiroteio deixou pelo menos 20 pessoas mortas em Las Vegas (Crédito: G1)
Tiroteio deixou pelo menos 50 pessoas mortas (Crédito: David Becker/Getty Images/AFP)
Tiroteio deixou pelo menos 20 pessoas mortas em Las Vegas (Crédito: G1)
Tiroteio deixou pelo menos 50 pessoas mortas (Crédito: David Becker/Getty Images/AFP)
Tiroteio deixou pelo menos 20 pessoas mortas em Las Vegas (Crédito: G1)
Tiroteio deixou pelo menos 50 pessoas mortas (Crédito: David Becker/Getty Images/AFP)
Tiroteio deixou pelo menos 20 pessoas mortas em Las Vegas (Crédito: G1)
Tiroteio deixou pelo menos 50 pessoas mortas (Crédito: David Becker/Getty Images/AFP)
Tiroteio deixou pelo menos 20 pessoas mortas em Las Vegas (Crédito: G1)
Tiroteio deixou pelo menos 20 pessoas mortas em Las Vegas (Crédito: G1)
Jovens são resgatados após tiroteio (Crédito: David Becker/Getty Images/AFP)
Jovens são resgatados após tiroteio (Crédito: David Becker/Getty Images/AFP)
Hotel onde atirador efetuou os disparos (Crédito: David Becker/Getty Images/AFP)
Hotel onde atirador efetuou os disparos (Crédito: David Becker/Getty Images/AFP)


Fonte: Com informações da UOL
logomarca do portal meionorte..com