Tufão deixa 3 pessoas mortas e 100 mil casas danificadas no Vietnã

O furacão chegou ao pais com ventos de 135 km/h e chuvas fortes

Mais de 100 mil casas foram atingidas pelo tufão Doksuri, no Vietnã. Ainda não foi confirmado o número de mortes, mas, por enquanto a notificação é de três óbitos. O furacão chegou ao pais com ventos de 135 km/h e fortes chuvas, segundo as autoridades locais divulgaram neste sábado (16).

O concelho central do Departamento de Controle e Prevenção de Desastres Naturais afirmou que as mortes no Vietnã , provocadas pelo tufão, ocorreram nas províncias de Thua Thien-Hue, Há Tinh e Quang Binh.

O número de casas danificadas na região central do país, por onde a tempestade entrou, foi informado pelo Centro de Assistência Humanitária da ASEAN (Associação de Nações do Sudeste Asiático).

O comitê popular de Ky Anh, região da província de Há Tinh, também declarou que as inundações ou ventania também afetaram 80% das construções dessa área, incluindo as estruturas imobiliárias de escolas, sanatórios e recintos religiosos.

Tufão Doksuri, no Vietnã, deverá segui para o oeste do país e perder força nos próximos dias (Crédito: Reprodução/Twitter)
Tufão Doksuri, no Vietnã, deverá seguir para o oeste do país e perder força nos próximos dias (Crédito: Reprodução/Twitter)


Autoridades


Antes do fenômeno natural acontecer, as autoridades locais já haviam provocado, propositalmente, blecautes em “grandes áreas”. De acordo com o Centro de Assistência Humanitária da ASEAN, a medida foi tomada para prevenir contra os males causados pelo furacão que, segundo a imprensa vietnamita, acometeu mais de 1,3 milhões de pessoas.

Em uma declaração, o presidente do comitê popular de Thua Thien-Hue, Nguyen Van Cao declarou que o abastecimento de água nas barragens e reservas da província é suficiente e estava em um nível aceitável. Além disso, ele acrescentou que, caso o Doksuri continue no país, o armazenamento de alimento também foi feito.

O furacão começou a afetar a província de Há Tinh na sexta-feira (15). Os meteorologistas preveem que a tempestade atravesse o país no sentido oeste, e, com isso, deverá perder a força até desaparecer.

Essa não é a primeira vez que os vietnamitas precisam lidar com tal fenômeno. Só neste ano esse é o 10º tufão que o Vietnã registra. De acordo com os dados oficiais, até o momento, os desastres naturais já deixaram, ao longo do ano, aproximadamente 140 mortos.


Fonte: ig
logomarca do portal meionorte..com