Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

UFPI desenvolve pesquisa em Arqueologia no Parque Serra das Confusões

O projeto propõe desenvolver materiais didáticos sobre Arqueologia e o Patrimônio local que possam ser usados pelas escolas dos municípios abrangidos pelo PARNA Serra das Confusões,

UFPI desenvolve pesquisa em Arqueologia no Parque Serra das Confusões
Paisagem do Baixão da Volta (Parque Nacional Serra das Confusões), com parte dos paredões onde se localizam sítios arqueológicos | Divulgação
Compartilhe

O Programa de Pós-Graduação em Arqueologia e o Museu de Arqueologia e Paleontologia da Universidade Federal do Piauí (UFPI) estão realizando pesquisas sobre a Arqueologia do Parque Nacional Serra das Confusões, no sul do Piauí. O projeto de caracterização arqueológica da área do Baixão da Volta está sendo desenvolvido pelo pesquisador de Pós-Doutorado Sênior Dr. Tiago Tomé, sob a supervisão do Prof. Dr. Grégoire van Havre, do Programa de Pós-Graduação em Arqueologia da UFPI, com financiamento do CNPq.

Situado em uma região de elevada riqueza em termos de patrimônio arqueológico, o PARNA Serra das Confusões continua sendo uma área pouco conhecida no que se refere à ocupação humana no passado, devido às poucas pesquisas arqueológicas aí realizadas até hoje. Apesar disso, as pesquisas realizadas anteriormente resultaram em achados muito importantes. O potencial científico foi reconhecido pela comissão avaliadora do CNPq, uma vez que apenas duas bolsas de Pós-Doutorado Sênior foram atribuídas para projetos em Arqueologia a nível nacional no edital correspondente à 2ª chamada realizada em 2018 para Bolsas Especiais no País e Exterior, uma delas a que possibilita a realização dessas pesquisas na UFPI.

Os primeiros resultados do projeto foram apresentados no 1º Simpósio de Arqueologia e Patrimônio do Laboratório de Preservação Patrimonial da UNIVASF, que decorreu entre 6 e 10 de maio em São Raimundo Nonato, tendo alcançado o 2º lugar do prêmio Dra. Fátima Luz na categoria de melhor trabalho em Pôster. O trabalho pode ser acessado aqui.

No final de junho foi realizada uma viagem de campo, com o objetivo de recolher dados para o aprofundamento das análises já desenvolvidas. Durante essa viagem, que contou com apoio logístico do PARNA Serra das Confusões/ICMBio, os pesquisadores da UFPI visitaram vários sítios arqueológicos já conhecidos, registrando as evidências de ocupação humana aí existentes e informações relacionadas com a implantação desses sítios na paisagem. Foram ainda visitadas áreas do Parque onde, até agora, não são conhecidos sítios arqueológicos.

"Os resultados obtidos permitem ampliar o conhecimento já existente sobre a Arqueologia da região e vão auxiliar na definição de futuras atividades de pesquisa para essa área. Durante a visita ficaram também evidentes as condições precárias de conservação de alguns desses sítios arqueológicos, fruto das características geológicas regionais, que tornam ainda mais urgentes ações de registro desse patrimônio, dado o risco iminente de degradação", explica o Prof. Dr. Tiago Tomé.

O projeto se propõe igualmente desenvolver materiais didáticos sobre Arqueologia e o Patrimônio local que possam ser usados pelas escolas dos municípios abrangidos pelo PARNA Serra das Confusões, se prevendo a realização de nova viagem de campo ainda em 2019.




Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar