Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Umbanda denuncia intolerância religiosa em THE

Evento em comemoração ao Dia Nacional da Umbanda contou com a participação de 300 pessoas. O grupo protestou contra a intolerância religiosa

Umbanda denuncia intolerância religiosa em THE
Iemanjá | Imagem já foi destruída duas vezes e umbandistas protestam | Jonathan Dourado
Compartilhe

Além do feriado da Proclamação da República, nesta quinta-feira (15), foi comemorado o Dia Nacional da Umbanda. A data foi instituída pela Lei N° 12.644, assinada pela presidenta Dilma Rousseff em 16 de maio 2012.

Para celebrar a data, a Rede Estadual de Cultos Afro-brasileiros do Piauí, realizou uma grande festa e protesto no santuário de Iemanjá, na Avenida Marechal Castelo Branco.

Durante todo o dia, irmãos de santo prepararam a grande festa. De acordo com a presidente da Rede Estadual, Mãe Eufrasina de Iansã, o evento além de festejar o Dia da Umbanda foi também um momento de luto e protesto contra a intolerância religiosa. Ela coloca que a Iemanjá foi quebrada já duas vezes e no Rio de Janeiro a imagem de São Jorge também foi destruída.

?A umbanda faz 104 anos de renascimento, porque entendemos que a religião já existia e o Brasil foi escolhido para que a nossa religião ressurgisse. Somos o berço da miscigenação, da mistura de negros, índios e brancos.

A umbanda tem a alma brasileira, é importante que a sociedade entenda isso e a respeite, bem como toda e qualquer manifestação religiosa. Somos um mosaico de raças, não podemos sustentar o preconceito?, destaca a presidente.

Participaram do evento mais de 300 pessoas. Muitos terreiros de Teresina foram convidados para a data e o ato de protesto foi feito de forma pacífica. A festa começou à tarde, mas tudo ficou pronto cedo para receber os visitantes que tinham dúvidas sobre umbanda.

?As pessoas precisam entender o que é e o que representa a Umbanda para depois criticar. O objetivo da nossa religião é a paz e refletir a luz divina. Todos precisam respeitar a religião que vive de amor?, ressalta Raimunda da Conceição, médium da Tenda Espírita Santa Bárbara.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar