Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Unimed ajuda a desvendar grupo que falsificava remédios contra câncer

A Unimed Teresina continua colaborando com as investigações da Polícia Federal.

Compartilhe

No início de 2018, após receber queixa de um paciente, de que não estava sentindo nenhum efeito colateral durante o uso da medicação Sutent, indicada para o tratamento de câncer nos rins, o Hospital Unimed Primavera (HUP) notificou a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) e prestou queixa na delegacia. Após a denúncia, a medicação foi apreendida e levada para a perícia, o que resultou no desbaratamento de uma quadrilha especializada em falsificar medicamentos há quatro anos, em nove estados do Brasil.

De acordo com o médico Emmanuel Fontes, presidente do Sistema Unimed Teresina, todos os pacientes que faziam uso da medicação na época foram contatados, bem como seus médicos, para substituição imediata dos medicamentos. “Nenhum paciente sofreu maiores danos no seu tratamento. Após a constatação de que a medicação não passava de uma vitamina, imediatamente acionamos nossas equipes da assistência para interromper o uso da medicação falsificada e iniciar o tratamento com a verdadeira”, destacou.

Quanto aos motivos que levaram essa quadrilha a falsificar esse tipo de medicamento, Emmanuel disse que o valor chama a atenção, pois cada frasco custa em média 30 mil reais. “O custo desse tipo de medicamento é muito alto. É uma medicação que retarda a evolução da doença e, consequentemente, ajuda a prolongar a vida dos pacientes. Essa quadrilha estava faturando milhões sem se preocupar com as consequências desse ato”, disse.

Para aquisição de medicamentos, a Unimed Teresina utilizava uma plataforma de pregão eletrônico que, em princípio, qualificava previamente os fornecedores para melhor segurança nas compras. A empresa responsável pela plataforma também foi notificada pela Unimed Teresina sobre a denúncia e colaborou nas investigações.

A Unimed Teresina continua colaborando com as investigações da Polícia Federal e, para evitar esse tipo de fralde, mantém critérios rígidos e eficazes nos processos de aquisição de medicamentos. Todos os itens adquiridos pela Rede Unimed obedecem aos padrões estabelecidos pela Agência de Vigilância Sanitária.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar