Universitário morre após pular com amigos de ponte em Itumbiara

Os bombeiros encontraram o corpo menos de quatro horas depois.

O universitário Hugo Ribas, de 20 anos, morreu após pular com amigos da Ponte Affonso Penna no Rio Paranaíba, em Itumbiara, na região sul de Goiás. O Corpo de Bombeiros encontrou o corpo do jovem neste domingo (5), a cerca de 20 metros de profundidade.

De acordo com o assessor de imprensa da corporação em Itumbiara, o soldado Fabiano Tizzo, na tarde de sábado (4), Ribas e dois amigos pularam da ponte com o objetivo de nadar até as margens do rio, a uma distância de 300 metros. No entanto, só os companheiros do estudante conseguiram sair da água.

“Eles contaram que assim que eles bateram na água, a vítima começou a se debater. Os três nadaram por cerca de 100 metros, e ele [Ribas] avisou que não dava mais conta de nadar. Um dos colegas o rebocou por mais 100 metros e, quando cansou, disse para ele ficar boiando que ia buscar um caiaque, mas ele logo submergiu”, relatou.


Tizzo contou que a distância da ponte até a superfície do rio é de 6 metros. Na ocasião, a água estava turva porque tinha chovido. Além da baixa visibilidade, havia correnteza.

A corporação foi acionada para atender à ocorrência por volta das 16h de sábado. O trabalho de buscas foi encerrado às 19h e retomado às 6h40 deste domingo. Os bombeiros encontraram o corpo menos de quatro horas depois.

“O corpo estava há vinte metros de profundidade, bem próximo do leito do rio, bem a frente do ponto que os amigos dele informaram", disse o soldado.

O corpo do jovem foi levado ao Instituto Médico Legal de Itumbiara. De acordo com Tizzo, ainda não se sabe se a causa da morte foi afogamento ou se ele sofreu um mal súbito.

Ribas cursava engenharia civil de uma universidade particular. Conforme o Corpo de Bombeiros, ele morava com a família em Qurinópilis e se mudou para Itumbiara para estudar.


Fonte: Com informações do G1