Usina de Itaipu volta a ser líder mundial na produção de energia

Produção atingiu 98.800.319 milhões de megawatts-hora

A hidrelétrica de Itaipu, compartilhada por Paraguai e Brasil, alcançou aos dez primeiros minutos deste sábado (17) a produção de 98.800.319 milhões de megawatts-hora, superando a própria marca de produção anual de energia, e desbancou o recorde mundial obtidos pela usina de Três Gargantas, na China.

A marca foi alcançada 13 horas depois que a Itaipu superou seu recorde de 98,6 milhões de megawatts-hora, registrado em 2013. Desde a entrada em operação de sua primeira unidade geradora, em maio de 1984, Itaipu já produziu mais de 2,4 bilhões de megawatts-hora, energia suficiente para atender a demanda do mundo inteiro por 40 dias, conforme informou a usina.

Usina de Itaipu  (Crédito: Reprodução)
Usina de Itaipu (Crédito: Reprodução)

A previsão é que Itaipu supere na próxima quarta-feira (21) os 100 milhões de megawatts-hora produzidos em um ano, um número sem precedentes, de acordo com a empresa.

Para refletir o impacto da produção, a usina afirmou que os 98,6 milhões de megawatts-hora seriam suficientes para abastecer o consumo do Brasil durante dois meses e 15 dias. E o Paraguai ao longo de quase sete anos.

A Itaipu Binacional foi criada há 42 anos para administrar a construção da usina e colocá-la em funcionamento em 1984. A usina possui 14 mil megawatts de potência instalada, o que atende a 17% da demanda energética do Brasil e 75% do Paraguai.


Fonte: Com informações do G1
logomarca do portal meionorte..com