Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Vacinação com dose fracionada contra febre amarela começa hoje

A imunização ocorre em diversas UBSs de São Paulo

Vacinação com dose fracionada contra febre amarela começa hoje
1 | Reprodução
Compartilhe

São Paulo dá início nesta quinta-feira (25) à campanha de vacinação contra febre amarela em regiões consideradas de risco. A dose fracionada será distribuída em bairros da capital e em 53 outras cidades. O mutirão pretende vacinar 9 milhões de pessoas, segundo o governador Geraldo Alckmin (PSDB).

No Rio de Janeiro, a campanha também começa nesta quinta-feira na capital e na Região Metropolitana. Cerca de 5 milhões de pessoas ainda precisam ser imunizadas nesta região.

Nesta quarta (24), o Ministério da Saúde divulgou novo balanço dos casos da doença no país: são 130 casos confirmados e 53 mortes. Outros 162 casos suspeitos estão sob investigação.

A vacina fracionada é feita com a mesma composição da dose padrão, só que em menor quantidade. Ela equivale a um quinto de uma dose (0,5 ml) para febre amarela, ou seja, 0,1ml. A diferença está no no tempo de proteção: a dose padrão é para toda a vida, já com a dose fracionada, a duração é de pelo menos 8 anos. O governo optou por este fracionamento para que seja possível ampliar a cobertura com as vacinas disponíveis.

 src=


Neste primeiro momento, os moradores das áreas de risco na capital receberão senhas em suas residências para tomar a vacina. Não haverá distribuição de senhas nas unidades de saúde.

Somente os inscritos no Programa Saúde da Família vão receber as senhas. Para quem não está cadastrado, a orientação é procurar uma UBS com o comprovante de residência para provar que mora na área de abrangência da campanha.

Com o início da vacinação fracionada, a vacinação com dose convencional deixará de ser aplicada na cidade de São Paulo na maioria dos postos. A dose, cinco vezes menor, garante a imunidade por, no mínimo, 8 anos.

Mesmo com o feriado municipal por conta do aniversário de 464 anos da capital paulista, as autoridades decidiram antecipar em um dia o início da campanha na cidade - antes, havia sido divulgado queo mutirão se daria no dia 26. A campanha que começa nesta quinta se estende até o dia 17 de fevereiro.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar