Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Vaticano proíbe grito de torcida em torneio interno

Vaticano proíbe grito de torcida em torneio interno

Compartilhe

O Vaticano est? realizando a segunda edi??o da Clericus Cup, um campeonato de futebol que re?ne seminaristas, padres e estudantes de Teologia. Desta vez, por?m, a torcida que lota o campo est? tendo de moderar na anima??o porque, depois de muita reclama??o na primeira edi??o, os organizadores resolveram proibir o uso de tambores, apitos e at? a m?sica reggae que acompanhava os jogos.

"Agora os torcedores podem usar s? as m?os e a pr?pria voz", disse Felice Alborghetti, um dos organizadores, acrescentando que ? proibido xingar durante os jogos.

A competi??o, que conta com 16 times, foi criada no ano passado por iniciativa do cardeal Tarcisio Bertone, secret?rio de Estado do Vaticano, o segundo na hierarquia da Santa S? depois do papa Bento XVI e cr?tico de futebol.

Para os jogadores, entre eles 16 brasileiros, a competi??o ? uma oportunidade para praticar o esporte assiduamente e com seriedade.

"Finalmente temos uma competi??o profissional, com uniforme e at? entrevistas para a televis?o", disse o brasileiro Igor Nicolau Istschuk, 26 anos.

Igor ? padre e joga na posi??o de armador no time UCRO, que re?ne essencialmente seminaristas croatas e ucranianos.

Entusiasmado, ele acredita que o torneio ? capaz de lan?ar novos talentos que um dia poderiam at? jogar em times profissionais da It?lia.

"Eu n?o descarto esta possibilidade, que n?o seria para muitos porque tem o limite da idade. H? poucos religiosos jogando com menos de 25 anos", disse o brasileiro.

Regras

Os organizadores da Clericus Cup afirmam que a inten??o da Igreja com o campeonato ? incentivar a socializa??o entre os religiosos que fazem sua forma??o nos diversos col?gios e universidades pontif?cias romanas, al?m de sensibiliz?-los para a import?ncia educativa e pastoral do esporte.

Segundo as regras do campeonato, cada instituto religioso pode inscrever mais de um time para a competi??o e a participa??o ? gratuita. Cada time tem no m?nimo 16 jogadores e, no m?ximo, 24.

As regras se baseiam no regulamento da Federa??o Italiana de Futebol, com algumas diferen?as: as partidas t?m dura??o de apenas 60 minutos e para expulsar um jogador de campo o ?rbitro usa um cart?o azul em vez do vermelho. A expuls?o dura apenas cinco minutos.

Mas talvez a maior diferen?a agora seja o comportamento das torcidas.

O brasileiro Francisco Andr? Balieiro da Costa, do time do Colegio Caprinica, disse esperar que os torcedores se manifestem com ?nimo, apesar das restri?es impostas neste ano.

"A torcida ? bem animada e isso nos incentiva muito. D? um certo clima, mas sempre com respeito" disse o estudante de Teologia.

"Acho dificil que os torcedores fiquem muito quietos, e espero mesmo que n?o fiquem." Os jogos acontecem aos s?bados e domingos a cada 15 dias, no campo do Orat?rio S?o Pedro. O local, que tem vista para a Bas?lia de S?o Pedro, fica no bairro residencial Aurelio, logo atr?s dos muros que circundam a cidade do Vaticano.

A competi??o come?ou em outubro do ano passado. As quatro equipes que vencerem as pr?ximas partidas v?o para as quartas de final, que ser?o realizadas depois da P?scoa. A final acontece no dia 3 de maio.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar