Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Veja a correção do caderno amarelo das provas do Enem

Amanhã, as provas de linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e matemática e suas tecnologias

Compartilhe

Neste sábado (3), os candidatos fizeram os testes de ciências da natureza e ciências humanas. Veja a correção do caderno amarelo:



Capitão América e Luiz Gonzaga

Hoje, a prova trouxe questões envolvendo uma música do cantor Luiz Gonzaga (1912-1989) e o super-herói dos quadrinhos Capitão América, relataram os primeiros estudantes a sair do exame. Houve quem reclamasse, também, da extensão dos textos dos itens.

"Caiu uma música do Luiz Gonzaga e perguntava a que a canção remetia", contou Giovanni Nicodemo Catalã, 19, de São Paulo. Segundo o estudante, a prova também abordou bastante o tema de sustentabilidade e energias renováveis.

Outro personagem que apareceu na prova, só que do universo dos quadrinhos, foi o Capitão América. "Uma questão pedia para associar o Capitão América com as guerras", afirmou Letícia Lucena, 17, também de São Paulo.

Textos grandes

Uma reclamação recorrente dos primeiros estudantes foi a extensão dos textos de apoio da prova. No entanto, as opiniões se dividiram em relação à dificuldade do exame de hoje.

?Eram longos, gigantes?, afirmou Lívia Siqueira, 22, que prestou o exame em Ribeirão Preto (SP) para tentar um desconto na mensalidade do curso de administração. Apesar de achar os enunciados muito extensos, Lívia considerou, no geral, o teste fácil.

Gabryel Westphal Stinglin, 17, que fez a prova em Curitiba, afirma que precisou ler mais de três vezes alguns enunciados para prosseguir a prova. Embora estreante no Enem, ele costuma ter altas notas na escola e vai tentar o vestibular em diversas instituições de ensino público e particular.

?Fiz o exame no ano passado e estou repetindo. A prova deste ano foi muito mais difícil, os enunciados eram grandes demais e exigiram muita concentração?, afirmou a estudante Maristela Andrade Vieira, 22, que sonha em cursar direito e fez o Enem em Salvador.

Funcionária de uma administradora, Adriana Soares, de 37 anos, foi uma das primeiras a sair em Belém. Ela gastou duas horas e 15 minutos para responder todas as questões. E disse que foi rápida porque não perde tempo com as questões sobre as quais não tem certeza da resposta. Para Adriana, mais da metade da prova estava fácil, algumas facílimas e poucas muito complicadas.

O único motivo de reclamação foi em relação ao horário escolhido pelo MEC (Ministério da Educação) para a realização da prova. Em Belém, o calor é de 39 graus à sombra. ?Cheguei na sala às 11h20 e estava tranquilo, mas ao meio dia, nem o ventilador resolve. Todo mundo ficava se abanando?, comentou.

Domingo

No domingo, serão realizadas as provas de linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e matemática e suas tecnologias, com duração de 5h30, contadas a partir da autorização do aplicador para início das provas.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar