Vice-prefeito nega pedido de emprego e é agredido a pauladas

O caso aconteceu em Luz, cidade do Centro-Oeste de Minas Gerais

Um homem identificado como Paulo Vitor foi detido pela polícia por agredir com pauladas o vice-prefeito de Luz, Antônio Carlos Xavier (PSDB) após o políticar negar um pedido de emprego na Prefeitura da cidade que fica no Centro-Oeste de Minas Gerais.

O vice-prefeito foi visitar uma obra na tarde desta quarta-feira (3) no novo Centro Administrativo quando Paulo Vitor teve seu pedido negado. Nesse momento, ele pegou um pedaço de madeira, que seria usado na construção de uma divisória e acertou o abdômen e as pernas do político.Ao tentar correr do ataque, o vice-prefeito caiu e machucou o ombro.


A polícia deteve o acusado que prestou depoimento e foi liberado. A vítima foi levado para o hospital municipal e após ser medicado foi para sua residência.

"O Paulo Vítor prestou processo seletivo para o cargo de ajudante de caminhoneiro. Ficou em oitavo lugar. Ele queria que fosse chamado antes dos demais (concorrentes). Ocorre que, além de isso não ser permitido, processo seletivo é diferente de concurso. O primeiro, na prática, é uma expectativa de emprego temporário, ou seja, como se fosse um cadastro de reserva, no qual a pessoa é chamada quanto (o efetivo) entra de férias, licença médica etc", informou João Henrique Cançado Rodrigues, assessor de imprensa da prefeitura.

Ele acrescentou que o autor não tem fama de briguento na cidade. Afirmou que o rapaz se arrependeu do que fez.  

Fonte: r7
logomarca do portal meionorte..com