Uma senhora, identificada como Dona Janete, se emocionou na frente das câmeras, ao vivo, quando falou sobre a situação de desemprego e fome na qual vive, em entrevista para a TV Globo, nesta terça-feira (21).

Janete estava retirando uma refeição fornecida pelo Prato Feito Carioca, no Andaraí, Zona Norte do Rio. O programa promovido pela Prefeitura do Rio tem como objetivo minimizar a insegurança alimentar e nutricional de pessoas em situação de vulnerabilidade social na cidade.

Idosa chora ao vivo ao declarar situação de fome e desemprego que vive (Foto: Reprodução)Idosa chora ao vivo ao declarar situação de fome e desemprego que vive (Foto: Reprodução)Ao ser questionada pela repórter Lívia Torres sobre quantas pessoas vivem com ela, a mulher se emocionou. "São cinco (pessoas em casa para comer). Eram seis com a minha filha que faleceu, fez dois anos agora, e o meu marido faleceu também, faz seis meses", contou, emocionada.

A repórter interveio e se desculpou pela pergunta. "A gente tocou num ponto difícil para a senhora, peço desculpas", disse.

Janete, então, prosseguiu seu relato, chorando: "Domingo a gente não tinha nada para comer. Eu estou desempregada, está muito difícil. Eu estou catando latinha, mas não dá. Eu não tenho ajuda de muita gente, então domingo a gente não tinha mesmo nada. Está muito difícil".

A jornalista não conseguiu conter a emoção e lamentou a situação em que o país vive. "Agradeço gentilmente a sua participação. Não esperava isso acontecesse aqui. É gente que tá passando fome, gente que tá necessitando de comida, e projetos sociais, projetos como esse (Prato Feito) da prefeitura são muito importante para que essas pessoas possam comer. A gente está em 2022 e as pessoas precisam e têm direito de comer", declarou.