Vídeo mostra briga que terminou com morte de torcedor palmeirense

Tribunal de Justiça decretou prisão preventiva de um dos suspeitos

Imagens de câmeras de segurança registraram a briga que terminou com a morte do torcedor palmeirense Leandro Zanho, na madrugada desta quinta-feira (13), na Avenida General Olímpio da Silveira, debaixo do Minhocão, no Centro de São Paulo.

Image title

O Tribunal de Justiça decretou a prisão preventiva de um dos dois suspeitos da morte do torcedor. O torcedor corintiano, o mecânico Anderson Andrade, de 24 anos, foi indiciado por homicídio doloso qualificado (com intenção de matar) e lesão corporal, segundo informações da Secretaria da Segurança Pública. Ele foi preso alterado com sinais de embriaguez.

A confusão teve início logo após o clássico entre Palmeiras e Corinthians. As imagens mostram um homem dançando com um facão na mão e provocando os motoristas.

Enquanto a maioria ignorava a ação do homem, um grupo de palmeirenses se incomodou. Uma moto para na calçada e outros palmeirenses saem do carro. Um deles atira um pneu contra o homem com o facão, que corre e cai na calçada.

O homem que estava com o facão recebe vários chutes e pontapés na cabeça. Um dos amigos, de roupa preta, tenta ajudar, segura um dos agressores e puxa uma faca pela cintura.

Os homens vão para o meio da avenida e brigam entre os carros. Leandro cai, leva golpes, mas consegue se levantar. Em seguida, ele é cercado novamente e recebe mais uma facada do homem com roupa preta.

Leandro chegou a passar por uma cirurgia na madrugada desta quinta na Santa Casa, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Segundo o hospital, "o paciente foi atendido no pronto-socorro, vítima de ferimentos por arma branca. Deu entrada em estado grave, com instabilidade hemodinâmica, necessitando intervenção cirúrgica. Após atendimento de emergência foi levado ao centro cirúrgico. O paciente seguiu instável e veio a óbito nesta manhã. "

Quando a polícia chegou a briga já tinha acabado. O homem de roupa preta fugiu. O advogado do suspeito, identificado como Nerivaldo, diz que foi ele quem matou o palmeirense e que vai se entregar nos próximos dias.

Fonte: Com informações do G1
logomarca do portal meionorte..com