Vitimas fatais de colisão entre ônibus escolares são identificadas

Cinco pessoas morreram no local e Amanda morreu no hospital

Subiu para seis o número de mortos na colisão entre dois ônibus escolares na rodovia AL- 110 no trecho que compreende o município de Junqueiro. A Unidade de Emergência do Agreste (UE) informou que uma jovem faleceu na manhã desta sexta-feira (31).

Amanda Silva Santos, 21 anos, sofreu traumatismo craniano e de face e não resistiu aos ferimentos. O acidente ocorreu na noite de quinta-feira (30) e deixou cinco mortos no local e muitos feridos. Os veículos envolvidos no acidente são das prefeituras de Junqueiro e de Teotônio Vilela.

O Instituto de Medicina Legal (IML) esteve no local e recolheu os corpos de dois homens e três mulheres. A assessoria da UE divulgou o estado de saúde das vítimas. Segundo a nota, 13 pacientes estão em observação, uma pessoa está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), um paciente está no setor de internação e outro na área de recuperação. Vinte e oito pessoas receberam alta médica.

O Hemocentro de Arapiraca (Hemoar) solicita que voluntários compareçam para fazer doação de sangue. Os voluntários devem comparecer ao Hemoar, das 7h às 16h, que fica ao lado do Hospital Regional, próximo ao 5º Centro de Saúde, em Arapiraca.

O secretário de Comunicação e Eventos de Junqueiro, Jair Santos, esteve no local e disse que os motoristas dos dois ônibus morreram antes da chegada do socorro médico.

Em nota encaminhada à imprensa, a assessoria de comunicação de Teotônio Vilela lamentou o acidente e disse que todos os esforços foram feitos para tentar salvar as vidas dos sobreviventes.

Duas viaturas do Corpo de Bombeiros e 10 ambulâncias dos municípios de Teotônio Vilela, Junqueiro e São Sebastião estiveram no local resgatando as vítimas – muitas delas em estado grave. Equipes da PM de Teotônio Vilela, Junqueiro, São Sebastião e do 3º Batalhão também se deslocaram ao local.

Segundo informações de testemunhas, o ônibus estudantil de Junqueiro seguia com alunos universitários para a cidade de Arapiraca. E o de Teotônio Vilela voltava de Arapiraca para a cidade, também com estudantes. A estimativa é que cada veículo transportava ao menos 35 pessoas.

VÍTIMAS FATAIS 

Até o momento foram confirmadas as mortes de seis pessoas, que já foram oficialmente identificadas. Os nomes das vítimas são:

Denis Francisco da Silva, motorista que conduzia o veículo com universitários que moram na cidade de Junqueiro;

Otávio Plácido, motorista que transportava estudantes pré-Enem, de Teotônio Vilela;

Débora Afra Borges Vasconcelos, estudante de enfermagem, morava em Teotônio Vilela;

Jonas Everson Nunes da Silva, de 16 anos, estudante de curso preparatório, morava em Teotônio Vilela;

Joelma da Silva Santos, de 18 anos, estudante de curso preparatório, morava em Teotônio Vilela;

Amanda Silva Santos, monitora e universitária, morava em Junqueiro. Ela chegou a ser socorrida mas faleceu por volta das 4h da manhã na Unidade do Agreste.

FERIDOS

O serviço social da unidade de saúde confirmou que dos 45 socorridos ao hospital, 28 foram atendidos e receberam alta, três passaram por cirurgia e permanecem em estado delicado e 13 estão em observação.


Fonte: Com informações do G1