W.Dias autoriza estudo para porto e propõe concessão de Zoobotânico

Suparc já conseguiu R$ 233 milhões em investimentos para o Piauí

Aconteceu na tarde da última quinta-feira (21), a 14ª reunião do Conselho Gestor de Parcerias e Concessões, entidade máxima deliberativa do programa de Parcerias Público-Privadas do Piauí. Além do Governador Wellington Dias, estiveram presentes o Secretário de Administração Franzé Silva, a Superintendente de Parcerias e Concessões Viviane Moura, o procurador geral do Estado Plínio Valente, o subsecretário de Segurança e Justiça Carlos Edílson Rodrigues e outros representantes da administração direta e indireta.

O propósito da reunião foi a apresentação de novos projetos de parcerias para 2018, entre eles, a estruturação de estudos para energia limpa e a retomada dos estudos do porto de Luís Correa.

O Governador Wellington Dias também propôs novos estudos, entre eles, o da modernização de escolas para ensino profissionalizante e um estudo para modernização e operação do Parque Zoobotânico.


Em três anos, Suparc já conseguiu R$ 233 milhões em investimentos

Os mais de 233 milhões em investimentos foram recursos em operação para prestação de serviços aos cidadãos se resumem aos projetos já executados, sendo eles Nova Ceasa, Rodoviárias de Teresina, Picos e Floriano e a Subconcessão de Saneamento de Teresina.

A Superintendência de Parcerias e Concessões, órgão ligado à Secretaria de Administração, foi instituída em 2015 e já executou cinco contratos de parcerias e concessões. Atualmente, a PPP Piauí estrutura seis projetos que devem ser licitados até o início do ano que vem e um que deve ser assinado também em 2018, a PPP Piauí Conectado.

Fonte: Com informações da Ascom
logomarca do portal meionorte..com