Wellington participa de reunião com gestores de presídio no Canadá

Wellington Dias visita sistema prisional canadense

Em visita internacional ao Canadá, o governador Wellington Dias participou de reunião executiva com gestores da Penitenciária de Kingston, que leva o nome da cidade localizada na província de Ontario, no centro-oeste do país. A agenda do governador do Piauí no exterior visa intercâmbios culturais e administrativos em diferentes áreas.


Uma das pautas centrais diz respeito a melhorias das ações do sistema prisional piauiense. Reconhecido como o oitavo país mais seguro do mundo, o Canadá possui cerca de 14,5 mil detentos e 42 presídios federais com 19 mil funcionários. De acordo com a Statistics Canada, os índices de criminalidade caem ano após ano. Foi registrada queda de 3% entre 2013 e 2014, o que representa o 11º declínio consecutivo nas incidências criminais. Durante a viagem, Wellington conheceu a rotina penitenciária e os programas desenvolvidos para acompanhamento de presos ao longo da permanência no cárcere.


“O objetivo principal é o processo de ressocialização. Aqui, além de conhecermos o sistema, estamos negociando o apoio da direção do presídio em Kingston, do Governo do Canadá, no sentido de repassar toda sistemática voltada para a educação e uma novidade para nós que é ter uma área que tenha a presença da comunidade para a ressocialização. É importante dizer que são culturas diferentes, mas o que a gente tem em comum, e esse é o ponto principal, é um trabalho para que também haja uma corresponsabilidade do Estado e da sociedade”, explica Wellington Dias.

O sistema correcional orçamento canadense para investimentos nesse setor é de 2,5 bi dólares. São cerca de 112 mil dólares por ano por cada preso em um sistema complexo de execução penal onde, ao mesmo tempo, há mecanismos de soltura após 1/3 da pena.

O governador Wellington Dias e comitiva desembarcaram neste sábado (15) no Canadá, onde cumprem agenda oficial de interesses do Estado. Dentre as agendas previstas estão encontros e reuniões relacionados a Segurança Pública, Inovação Científica, Investimentos, Negócios e Turismo.

Wellington segue no Canadá até o dia 25 de julho onde ainda vai apresentar propostas de intercâmbio das línguas Francês e Inglês para o Piauí, por meio de professores canadenses, e intercâmbio da língua portuguesa para alunos da rede pública de ensino do Canadá.

Fonte: Ccom