Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Entrevista com Dejalmo Cardoso presidente da fentraf.

Entrevista com Dejalmo Cardoso presidente da fentraf.
Dejalma Cardoso | Gilson Nascimento
Compartilhe

Entrevista com Dejalmo Cardoso presidente da FENTRAF.

Dejalmo hoje foi entregue 48 casas em Alto Longá, e já tem projeto para mais, você ta feliz em entrega essas 48 casas?

?Feliz não sou eu que estou e sim os agricultores que sonhavam em ter sua casa própria é hoje esse sonho deles se concretizou, dos 48 agricultores que acreditaram no projeto e deu certo. Esteve presente o representante da Caixa Econômica, onde houve a entrega dos certificados das casas, falando em nosso projeto de habitação rural é um projeto muito difícil, porque requer que a propriedade tenha documento o agricultor tenha toda a documentação, necessária é o agricultor não poder ter restrição no CPF.

Puxamos a certidão de todos os agricultores, por isso se torna um pouco burocrático pra você conseguir a sua casa do projeto ?Minha Casa Minha Vida?, mas nós estamos com 200 cadastros, 100 cadastros no ponto de dar entrada, nós na próxima semana já vamos presta conta, com essas que nós entregamos hoje, é daí nós já vamos da entrada em 50 cadastros pela COOPERHAF que é a cooperativa do estado do Piauí é 50 pela ASAF que é a associação de produção de serviços dos agricultores de Alto Longá. Quando nós concluímos iremos da entrada em mais 100 casas, então como você pode ver é por etapas, a Caixa não contrata mais do que 100 casas por vez. Então o agricultor tem que também, paciência, saber espera porque o nosso objetivo é leva moradia, para aqueles que mais precisam, nós estamos fazendo um trabalho incansável aqui em Alto Longá, Tem pessoas que pensam que fazer casas é o projeto mais difícil, que existe no momento, no nosso Pais, pra que nos posamos realiza esse sonho que é habitação rural?.

Quais são as parcerias que vocês têm?

?Nós temos vários parceiros, o Governo Federal, Caixa Econômica, a COOPERHAF com ASAF e todos os agricultores que acreditam em nós é o prefeito nos podemos dizer que é nosso parceiro também porque ele não e contra o nosso projeto, como diz o ditado popular, ?Quem não é contra nós é por nós?, então o prefeito e dos nossos parceiros, pois ele tem contribuído muito como o nosso projeto?.

Hoje é um dia feliz, pois ta tendo uma grande festa na sua com um culto ecumênico, onde tem muita gente você se sente feliz por isso?

?Com certeza, a minha felicidade é muito grande, porque quando se trata de festa, com certeza o dono da festa ele só vai ser, feliz se o povo comparecer na festa, se fizer uma festa para ta só você e a sua familiar. Estou muito feliz e muito orgulhoso, pelo os nossos agricultores que reconheceram que precisavam está juntos com a gente, acreditando e apostando em nós, hoje eu sou a pessoa mais feliz, porque sou pessoa, semi-analfabeto, mas a nós temos trazido vários projetos pra Alto Longá, não só do projeto ?Minha Casa Minha Vida? e também de outros projetos importantes para o município no ano de 2010, a nossa organização investiu mais de um milhão de reais no município de Alto Longá, onde todo o recurso ficou no município é as produções também, pra vocês ver como esse projeto da ?Minha Casa Minha Vida?

O fornecedor foi de Alto Longá, os pedreiros também foram de Alto Longá, é um projeto que ficar todo no município.

Sr. Dejalmo o que você sentiu quando o seu filho lembrou-se das dificuldades, que vocês passaram quando morava na Inveja dos Cardoso, ele disse que a casa de vocês tinha caído e que vocês dormiram de baixo de uma lona, é você ficou muito emocionado quando ele falou que até caiu lagrimas dos seus olhos, mais hoje você está muito feliz?

?Eu e a minha familiar nos temos uma historia, quem nos conhece sabe o nosso sofrimento que nos já passamos eu perdir a minha esposa bem novinha, mas eu posso dizer que sou um homem tão abençoado, porque Deus me deu outra, idêntica a primeira meus filhos foram criados com muito sofrimento, só não passaram fome porque eu trabalhava de dia e de noite, mas mesmo assim nós passamos muita necessidade de ter uma roupa, um calçado bom de um transporte, mas Deus nos abençoou, pois cada um de meus filhos tem o seu transporte eu tenho uma casa não é um palácio, mais e uma casa digna, que não faz vergonha em receber um amigo na minha casa, alem disso eu sou alvo de perseguição aqui em Alto Longá mas Deus e bom e nós estamos superando essa perseguições. Agradeço o Jornal Tribuna e todos que compareceram na nossa festa , muito obrigado.
























Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar