Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

D. Socorro Santos: 70 anos de história.

D. Socorro Santos: 70 anos de história.
Aniversário de 70 anos de D. Socorro Santos | Família Jota
Compartilhe

Ao completar 70 anos de idade, Maria do Socorro Silva, foi homenageada pelos familiares com uma festa realizada no colégio Luís Mendes em Areias, a família considerou justa a homenagem pela bravura que a fez guerreira nas batalhas da vida. A festa aconteceu dia 25 de julho reunindo irmãos, filhos, netos, noras, genros, parentes e amigos. D. Socorro Santos, conhecida por ser uma mulher católica de muita oração e fé, reside no Bairro Areias e adquiriu, ao longo dos anos, o respeito de todos através do exemplo que a fez referência para a comunidade católica sobressaindo-se por ser um arquivo vivo de informações e conhecimentos culturais de Amarante.

Sob duras penas e em meio a sacrifícios diversos, D. Socorro Santos, com 15 netos e 02 bisnetos, constituiu uma família de 09 filhos vivos das 13 gestações que teve. O seu firme propósito foi conduzi-los rumo ao conhecimento adotando a educação como alicerce para a formação dos mesmos através dos princípios da fé e da conduta social. Além dos 06 filhos professores de Língua Portuguesa (Jeanne, João Filho, Jeannete, Juceanne, Jôseanne e Josélia), um filho eletrotécnico (Jósimo), um produtor de eventos (José Maria) e uma fiel companheira (Jucélia), a genitora conduziu ainda, ao seio da família, André (professor) e Nildes (estudante).

Dando continuidade à homenagem, os filhos de D. Socorro Santos, disponibilizaram para os internautas a sua biografia como lição de vida.

BIOGRAFIA DE SOCORRO SANTOS

Às 19h00 da noite do dia 25 de julho de 1940, na Rua 11 de fevereiro (rua da capela) nasceu Maria do Socorro Silva Santos, 3º filho de João Lopes da Silva (In Memoriam) e Vicência Lopes da Silva (94 anos). Irmã de Maria Creusa, Manoel Reis e Romualdo (In Memoriam); José, Raimundo, Francisco, Neuza, Celé, Lourdes e Conceição. Com apenas um ano de idade foi morar com o casal Antonio Assunção e Silva e Matilde Ferreira da Costa onde adquiriu mais quatro irmãos: Venceslau, Manoel Assunção, Helena e Guilhermina. Estudou no colégio São José com a professora Perpétua Moura na escola isolada Mista de Areias e na Unidade Escolar Eduardo Ferreira onde concluiu o ensino primário. Com sua tia paterna Odete, além de afazeres domésticos aprendeu o tricô e labirinto com a tia materna Arcanja; aprendeu renda e tarrafa; com a vizinha Maria Madeira aprendeu fiar na roda, trançar a plalha de tucum; a fazer flor com a senhora Alice Mora. Com sua mãe adotiva Matilde aprendeu a fazer crochê e participava de dramas em apresentações públicas. E assim se cumpria a tradição de acordo com as atividades do meio em que viviam e educando-os nos costumes familiares e conduta religiosa.

Entre os 13 e 14 anos por volta de 1953 passou um ano na cidade de Regeneração na Rua da Faveira e localidade Muquém ajudando a cuidar dos filhos de sua tia Helena com Manoelzinho: Antonio Luis, Isabel, Gonçalo, Joaquim neto.

Criada por uma família católica, foi conduzida na fé pelos ensinamentos de Matilde e por Antonio Assunção, considerado ?a fortaleza da fé?. Foi catequizada por Maria Helena Lopes e Dona Meire. E ainda muito jovem tornou-se associada do Sagrado Coração de Jesus.

Dona Socorro como é mais conhecida, dividiu assim a sua infância e adolescência: brincando, aprendendo afazeres domésticos e incondicionalmente, assistindo às missas todos os domingos. Levantava cedo e dormia tarde; diariamente catava lenha no morro do serrote e pegava água na grota de Maria Madeira ou no riacho Mulato.

Após um ano de noivado, no dia 03 de julho de 1960 deu um dos passos mais marcantes de sua vida; aos 19 anos de idade em uma cerimônia presidida pelo Padre Isaac Vilarinho contraiu matrimônio com jovem mancebo João José dos Santos. Começava aí então a família Jota, pois dessa união Deus lhe concedeu 13 filhos, sendo apenas 09 vivos: Jeanne, Jósimo, José Maria, Jucélia, João Filho, Jeannete, Juceanne, Jôseanne e Josélia. Como uma autêntica dona de casa e matriarca, deixara sua vida de lado e começara a viver em função do esposo e dos filhos; viu a vida passar entre 04 paredes envolvida pela labuta diária do cuidar, amar e educar. Apesar da pouca escolaridade foi a primeira pedagoga de seus filhos ensinando-os a contar e a escrever com clareza e entonação. Junto com o esposo esbanjava amor e dedicação a cada um dos filhos repassando-os princípios de fé, convivência social e respeito ao próximo. Juntos em seus 26 anos de vivência conjugal contornaram as adversidades, driblaram os problemas e se constituíram modelos de admiração para os seus. Mas foi no fatídico 09 de janeiro de 1987 que sofrera o golpe mais duro de sua vida: viu partir para a eternidade o seu companheiro de caminhada.

A vida se tornara frustrante, foram momentos angustiantes. O nosso porto seguro partira para o Pai. O nosso barco perdia o comando. Em se tratando de pensamentos, a torre de Babel estava formada com três jovens: Jeanne, Jósimo e José Maria; três adolescentes: Jucélia, João Filho, Jeannete; três crianças: Juceanne, Jôseanne e Josélia, Socorro se sentia só, faltou terra nos pés fisicamente se via claramente uma mulher maltratada pela vida, de saúde debilitada e dependente de três medicamentos: dienpax, vertix e diazepan. O seu sistema nervoso estava seriamente comprometido. Os prognósticos e diagnósticos não deixavam esperança, era uma mulher quase desfalecida cercada de jovens e crianças espantados. Mas foi nesta hora difícil, empurrados pela força da união e da oração, que aconteceu a superação: a mãe de Lourdes, cobriu-nos com o seu manto da graça e da esperança. Maria, em Socorro aos seus filhos renascia das cinzas para fortalecer os filhos que olocavam nos ombros o fardo do Pai.

O Deus da vida, iluminou os nossos caminhos. A partilha do pão e do cálice tornou-se para nós fonte de vida; das entranhas da morte brotou a vontade de vencer. Socorro nunca entregou a cópia da porta de sua casa a seus filhos. é ela que abre e fecha a porta da sua casa e quando indagada responde: ?preciso ver a hora que saem e a hora que chegam para ver como estão?.

Mesmo à duras penas e alagados de enormes sacrifícios, a educação era fundamental, o sonho idealista de nosso Pai quando ainda estava vivo (formar os filhos). Aquela mulher frágil descaracterizada vencia o medo e se arriscava a dar novos passos. Foi assim que retomou a sua vida: participando ativamente da nossa Igreja, incentivada por Mariazinha no ano de 1992 ingressou na Pastoral da Criança, um dos belos exemplos de voluntariado deste país. E no ano de 1994 concluiu em Fortaleza (CE) um curso de massagem e em 1995 passou a ser Zeladora do Sagrado Coração de Jesus. O tempo e o mundo dão testemunhos das minhas palavras. Maria do Socorro, hoje é uma outra mulher, dá sinais claros evidentes disso, concretiza as palavras e do seu Pai e mestre Antonio Assunção: ?Quem se apega com Deus não cai no chão?.

A realização da celebração dos 70 anos de Maria do Socorro Silva Santos proporciona soar em nossos ouvidos o sorriso feliz de nosso genitor. Com a graça de Deus a família ?Jota? prospera além dos 09 filhos vieram mais 03 filhos de coração: Fabrício, André e Nildes e os 14 netos e 02 bisnetos.

A Maria que veio em Nosso Socorro tem silva e é Santa, pela bondade que transmite, pela fé que cultiva e pela esperança que a transcende. Somos gratos pela tua existência, pelos teus ensinamentos, pelos teus dons e felizes por tê-la como mãe, irmã, tia, prima, cunhada, sogra, avó, bisavó, parenta e amiga.

Feliz Aniversário! Parabéns! (dos filhos Jeanne, Jósimo, José Maria, Jucélia, João Filho, Jeannete, Juceanne, Jôseanne e Josélia)

CONFIRA AS FOTOS DA FESTA DE 70 ANOS DE D. SOCORRO SANTOS

(Colaboração: João Filho)
































































































































Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar