Aconteceu ontem, 04, na Câmara Municipal, uma reunião com a Secretaria de Esporte e as lideranças do esporte de cada comunidade amarantina para a criação de uma liga desportiva.

A reunião, que teve um tom democrático, detalhou a dificuldade que o município enfrenta em função da carência de uma instituição que lidere e coordene suas atividades no futebol, no vôlei, no basquete, etc.

Na combinação das idéias, concluiu-se que uma Liga já existente denominada LEA (Liga Esportiva Amarantina), mas ainda não legalizada, deverá ser a escolhida para coordenar as atividades esportivas em Amarante, após sua devida legalização. Cogitou-se também a importância de uma reformulação dos seus quesitos para melhor adequação às novas necessidades, pois a sua área de abrangência será maior e mais complexa.

Dentre as lideranças presentes, José Maria, Paguila, argumentou dar sua contribuição incondicional à Liga por julgar muito carente de apoio o esporte de Amarante.

Acredito na necessidade de criação de um campo voltado para o futebol para facilitar os trabalhos da Liga. Contem comigo estou pronto para ajudar em qualquer situação! quero ser Técnico de um time, afirma.

Amarante conta hoje com alguns programas esportivos como: PETI, PROJOVEM, PAIF, PELC, AABB COMUNIDADE e SEGUNDO TEMPO, temos então o propósito realizar parcerias com esses programas para tornar nobre o nosso esporte em todas as suas ramificações, afirma, Fátima Freitas, Secretária Municipal de Esportes e Lazer.

Contamos hoje com um histórico muito bom. Com isso, temos melhores condições de buscarmos subsídios junto aos órgãos competentes para melhor desenvolver nosso trabalho, diz Geralcides da Silva, Diretor de Esportes do município.