Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Campo Maior pioneiro em projeto Biofort

Campo Maior pioneiro em projeto Biofort
Reunião | Ascom
Compartilhe

Campo Maior será o primeiro município do Piauí a implantar o projeto ?Biofort?, do Governo Federal. A intenção é que através de melhoramento nutricional dos alimentos se combata a fome no município e a Prefeitura de Campo Maior oficializa o convênio com a EMPBRAPA já na próxima segunda-feira, 31/10, com o lançamento da Unidade Multiplicadora, que funcionará na Estação de Pesquisa da EMBRAPA.

Os detalhes do convênio foram acertados em uma reunião realizada na manhã dessa terça-feira, 25/10, na sede da EMBRAPA em Teresina. A Unidade Multiplicadora de Campo Maior será uma vitrine técnica responsável em fazer estudos e experimentos com o objetivo de conseguir o melhoramento nutricional de alimentos como feijão, milho, batata, macaxeira e mandioca. ?A expectativa é de que se consiga um alimento com um ganho de até 20 vezes mais nutricional do que os alimentos comuns?, explicou o diretor geral da EMBRAPA Meio Norte, Hoston Tomás Santos do Nascimento.

Além de pesquisas, a unidade de Campo Maior será responsável em fazer a transferência de tecnologia, realizar cursos de capacitação para técnicos, agentes e produtores e também a comercialização. ?Vamos ser referência e fazer referência. Nossa intenção é principalmente que esse projeto possa, sobretudo, melhorar a vida do pequeno produtor e colaborar com o combate à fome?, ressaltou o prefeito Paulo Martins.

O secretário municipal de Desenvolvimento Rural, Aloísio Ernesto, explicou que os alimentos melhorados nutricionalmente serão orgânicos e não transgênicos. Ele informa que após a fase de melhoramento, os alimentos serão produzidos em escala de comercialização regional com o apoio da CONAB e da Prefeitura de Campo Maior. ?Esses alimentos sairão direto das roças para serem comercializados para escolas, associações e outras instituições comunitárias?, disse o secretário.


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar