Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Diocese ainda não se manifestou sobre o caso ocorrido em Boqueirão

Diocese ainda não se manifestou sobre o caso ocorrido em Boqueirão
Bispo | WEB
Compartilhe

 class=


Até o momento a Diocese de Campo Maior ainda não se manifestou sobre o caso inusitado que aconteceu na cidade de Boqueirão do Piauí, onde um católico, atual vice-prefeito da cidade, Raimundo Filho, foi proibido de ser padrinho de uma criança que iria se batizar na igreja matriz da cidade.

RELEBRE O CASO

O vice-prefeito da cidade de Boqueirão do Piauí, Raimundo Filho, ficou revoltado após ser proibido de ser padrinho de uma criança que iria se batizar na igreja matriz do município.

Em postagem no Facebook, ele disse que foi desonrado e que a coordenadora da igreja teria impedido através de determinação do padre.

"Não teria essa competência, pois vivo em porta de bar e em farras, e qual seria a motivação que iria dar a essa criança?”, era a justificativa que Raimundo teria recebido.

O vice-prefeito e acima de tudo católico Raimundo Filho, agora espera uma resposta da igreja para o caso e diz que a criança, os pais e ele estão chocados com a atitude.


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar