Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

W.Dias quer "tomar" PMDB de Wilsão e oferece vaga de vice-governardor

Compartilhe
Google Whatsapp



O PT realizou na manhã deste sábado (04/01), a reunião do diretório estadual para definir quais os rumos que o partido irá seguir em 2014, após ser "expulso" da base pelo governador Wilson Martins (PSB).

O senador Wellington Dias (PT) chegou ao encontro confiante que a base de Wilson Martins ainda não está fechada. Ele espera que até o mês de abril, possa chegar a um acordo com PMDB, PCdoB e PDT, partidos que estão, hoje, fechados com Wilsão.

W. Dias quer "tomar" esses partidos para seu lado e garante que se o PMDB desejar, o partido de Marcelo Castro terá a vaga de vice na chapa petista. Para o PT, existe um movimento dentro da base governista, que se articula para isolar Zé Filho (PMDB), obrigando o vice a desistir de ser o candidato governista.

Wellington Dias afirma que assim como o PT e o PMDB serão aliados políticos nacionalmente, seria natural que essa aliança também ocorresse no Piauí. ?Não fechamos portas para nenhum partido e ainda vamos buscar o diálogo com o PMDB. Era para ter ocorrido essa discussão apenas em junho deste ano, mas o processo eleitoral acabou sendo antecipado. Mas se o PMDB desejar terá a vaga de vice?, declarou.

PMDB É DESEJADO POR W.DIAS

O senador petista afirma que vai trabalhar para fortalecer a chapa que hoje já conta com a presença do PTB do senador João Vicente e do PP de Ciro Nogueira. ?A participação do PMDB é um desejo de todos os partidos que fazem parte deste grupo que estamos montando. Não seria nenhum problema?, declarou.

PT SE APROVEITA DA INSEGURANÇA NA BASE

O deputado federal Jesus Rodrigues (PT) afirmou que há um clima de ?incerteza? na base política de Wilson Martins. ?Aqueles partidos que decidiram permanecer na base não estão 100% fechados com o governador. Eles não sabem se ele sai ou fica, se o Zé Filho é ou não o candidato. Isso gera insegurança. O PT irá manter o diálogo com todos eles em busca de apoio?, garantiu.

DEPUTADO PETISTA QUER O PARTIDO NA OPOSIÇÃO

O deputado João de Deus defendeu que o partido adote uma postura de oposição na Assembleia Legislativa a partir de fevereiro. ?A atitude do governador levou o PT para a oposição. Ele agiu de forma desleal com o partido que o colocou no poder. Acredito que só quem ganha é o Piauí que agora terá uma voz de oposição no Legislativo?, comentou.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto

×