Não é a primeira vez que a Prefeitura Municipal de Castelo, na atual gestão, realiza licitações que causam estranheza pelos altos valores. Desta vez o processo licitatório foi para aquisição de combustível. Os números impressionam qualquer um e fogem totalmente da realidade do pequeno município localizado ao norte do estado. 

Assombrosamente, o governo do petista Magno Soares pretende gastar R$ 1,6 milhão em combustível entre gasolina, álcool e diesel. É importante ressaltar que em outubro do ano passado o Ministério Público abriu inquérito para apurar possível abandono de máquinas e veículos públicos por parte da prefeitura de Castelo do Piauí. 

O pagamento deve ser feito através de recursos do FMS/FMAS/FUNDEB/FPM/ICMS/RECURSOS PRÓPRIOS e outros.

DM_3766_116_Castelo_do_Pi_Licitacao_PP_03-19_Extrato_Contrato__(1)_pag_6.pdf