Teve início nesta terça-feira (25), o treinamento de agentes comunitários de saúde e de combate a endemias para a utilização de tablets no cadastramento e mapeamento de áreas. O curso foi ministrado na FAESF e deve ser finalizado até a próxima quinta-feira (27). Cada profissional assinou um termo de responsabilidade e deve garantir a manutenção e segurança dos equipamentos.

Um ano depois da Secretaria de Saúde de Floriano adquirir 150 tablets de última geração, os equipamentos foram entregues aos profissionais cujo objetivo principal é informatizar o trabalho diário dos ACSs e ACEs, otimizando o tempo das visitas domiciliares e, desta forma, ampliar o número de visitações.

Outro ponto essencial na utilização da ferramenta eletrônica será a atualização do cadastro de pacientes e usuários do SUS com maior eficácia. “Desta maneira teremos a oportunidade de atuar com maior precisão nas políticas de saúde para hipertensos, diabéticos e gestantes, por exemplo. Além de elevar os indicadores do município, pois com uma maior cobertura, teremos um olhar macro sobre nossas ações, serviços e projetos”, disse James Rodrigues, Secretário de Saúde de Floriano.

Atualmente, estes profissionais exercem seu trabalho de forma manual, com preenchimento de fichas de papel. Com os tablets, o retrabalho será evitado, pois somente será necessária a exportação dos dados de cada paciente visitado. No aparelho deverá conter o aplicativo “ESF Móvel”, que atualiza o cadastro dos cidadãos, registra a visita domiciliar, visualiza agendamentos das UBSs e vacinação, entre outros atendimentos. O valor da aquisição foi de R$ 149.850,00 (Cento e quarenta e nove mil oitocentos e cinquenta reais) e faz parte do esforço da SMSni processo de informatização de todas as unidades de saúde.