A vacinação em Floriano continua a todo vapor e o município segue com o maior percentual de doses aplicadas segundo Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações, SIPNI, do Ministério da Saúde. Segundo levantamento realizado dia 21 de agosto, Floriano segue líder, entre os municípios mais populosos, na taxa de doses aplicadas (entre primeira, segunda e única) com 93,3%. 

Segundo James Rodrigues, Secretário de Saúde de Floriano, o modelo de imunização contra a Covid-19 aplicado no município é descentralizado nas unidades de saúde e tem como objetivo não deixar ninguém para trás. “Nós temos um grupo de profissionais que vão desde os agentes de saúde até as gerências passando pelos enfermeiros, marcadores, técnicos e médicos que se organizou para efetivar a vacinação em um trabalho de busca ativa. Hoje, podemos afirmar com certeza que ninguém fica pra trás”, disse.

O prefeito Joel Rodrigues comemorou a liderança no ranking. “Nós temos um compromisso muito claro, nosso compromisso é com a vida, com a missão que nos foi concedida por Deus que é cuidar das pessoas. Fico feliz em ver Floriano como o município segue como líder, mas só vamos descansar quando todos estiverem vacinados”, afirma o gestor. 

Proporcionalmente, Floriano já vacinou 55,27% da população com a primeira dose da vacina contra a Covid-19. Segundo a última previsão do Censo, o município tem 60.035 habitantes. Calculado o número da população vacinável com 18 anos ou mais, Floriano super a marca de 78% de primeiras doses aplicadas. 

Foram aplicadas: 45.893 doses

Primeira dose e dose única: 33.185 

Segunda dose: 12.708

O número é superior à média nacional que aponta 76% da população nacional já havia tomado a primeira dose. O número também é superior a cobertura vacinal estadual, onde segundo dados da SESAPI, apenas 50,51% da população havia tomado a primeira dose.

Ranking da Vacina dos municípios mais populosos do Piauí

Floriano - 1° lugar / 93,3% de doses aplicadas 

Oeiras - 2º lugar / 92,8% 

Miguel Alves - 3º lugar / 91,5%

Altos - 4º lugar / 90,3%

São Raimundo Nonato - 5º lugar / 88,7%

Pedro II - 6º lugar / 85,9%

Picos - 7º lugar / 85,7%

Esperantina - 8º lugar / 84,7%

Piripiri - 9º lugar / 83,9%

Barras - 10º lugar / 82,8%