A Prefeitura de Floriano, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Assistência Social, iniciará na próxima segunda-feira (14), um projeto de acompanhamento dos moradores de conjuntos habitacionais, com o objetivo de melhoria da qualidade de vida. 

Para isso, a Associação Brincantes do Folclore Nordestino, empresa vencedora da licitação, realizará plantões e-sociais, momentos em que será dada visibilidade ao Plano de Trabalho Social (PTS), pós ocupação. 

Trata-se de um projeto padrão do sistema da Caixa Econômica Federal (CEF), desenvolvido pós ocupação das moradias, para ensinar ao público alvo, meios de proteção ao ambiente e ao entorno de suas residências, bem como a promoção de ações de incentivo a proteção patrimonial, entre outros. A ação é voltada aos moradores do Residencial Alto da Cruz.

O projeto é idealizado pela CEF, desenvolvido por meio do programa Minha Casa Verde e Amarela, e realizado através da Prefeitura de Floriano, a quem foi repassado o encargo de fazer uma licitação, na qual a empresa vencedora elaboraria um projeto e o encaminharia para a CEF. Em Floriano, a vencedora da licitação foi a Associação Brincantes do Folclore Nordestino.

Com isso, o Residencial Alto da Cruz passou por uma pesquisa diagnóstico, e com base nela, foi elaborado o PTS, que foi encaminhado à CEF e posteriormente aprovado. A ideia é desenvolver, em um período de 12 meses, ações sociais dentro do Residencial, com a oferta de cursos e capacitações de incentivo financeiro, além de palestras voltadas aos cuidados com o patrimônio, meio ambiente e impacto ambiental na região.

A gestão do projeto é feita pela própria comunidade, agindo de forma ativa na resolução de problemas do residencial, sendo a Associação Brincantes (empresa licitada) a ponte interlocutora entre a Prefeitura de Floriano e os moradores do residencial, durante o tempo de execução do projeto, ou seja, todo o ano de 2022.