Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

BR 316 parou por 3 horas na manhã de ontem com lançamento da Campanha

BR 316 parou por 3 horas na manhã de ontem com lançamento da Campanha
Manifestação na BR 316 | J.Arilson
Compartilhe

Aconteceu na manhã de ontem na BR 316 - Estaca Zero o Lançamento da Campanha em Defesa das Terras, Águas e dos Povos do Piauí. A BR 316 é o corredor do agronegócio Piauiense e a principal ligação do sul a Capital. A paralisação iniciou às 5:00h da manhã e parou às 8:00h causando um congestionamento de quase 60Km de um lado e outro. A Campanha está sendo abraçada pelas entidades que fazem a sociedade civil do estado.

VEJAM FOTOS!



Carta Denúncia

O Estado do Piauí está sendo intensamente agredido e/ou ameaçado no seu meio físico-estrutural e socioambiental pela implantação de grandes projetos de iniciativa pública e privada, que degradam o meio ambiente e violam direitos humanos e modos de vida locais com extensas retiradas de vegetação nativa e substituição por monoculturas de eucalipto para a produção de carvão e celulose, monocultura de cana-de-açúcar e soja, escavações para exploração de minérios (ferro, níquel, opala, diamante, calcário, mármore), implantação de ferrovia, ou inundação de áreas pela construção de cinco novas barragens no rio Parnaíba e três no rio Poti para a produção de energia elétrica.

Os projetos são de ordem privada e estatal. Os estatais são projetos de infra-estrutura ? estradas, ferrovias, a transnordestina, e hidrelétricas ? como base para os projetos privados.

As populações atingidas são tratadas sob alegação do império da supremacia do interesse público, restando-lhes retirar-se sob ?recompensas? com baixas indenizações ou promessa de indenização futura.

Diante desse quadro, populações atingidas, o Movimento Quilombola e parte da comunidade acadêmica ? docente e discente denunciam:

A ação criminosa do governo piauiense que vende suas terras, licencia grandes projetos que violam direitos das populações e degrada o meio ambiente;

A ação criminosa do governo federal que financia a degradação ambiental e violação de direitos humanos sob o rótulo de ?aceleração do crescimento?;

A omissão de instituições de controle social e fiscalização que não fiscalizam e se fiscalizam não atuam para proteger o meio ambiente e as populações;

A colaboração do poder judiciário no ataque ao direito das populações ao anuir com as baixas indenizações em forma de decisões judiciais.

E conclama a população piauiense, brasileira e internacional para engrossar a luta em defesa das terras, das águas e do povo piauiense, maranhense, cearense, de todos os Estados brasileiros, mundial, planetário.

E os movimentos sociais avisaram,"hoje foi só o lançamento da Campanha" se não existir um diálogo com o Governo iremos ocupar orgãos e outros locais até que nos escutem"








Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar