Confira alguns registros do Dia D de Vacinação Contra Gripe e Sarampo em Monsenhor Gil, nesta sexta feira (29). A vacinação é importante para proteger a nossa população, mais uma ação da Prefeitura Municipal, gestão do prefeito João Luiz e vice Evandro Abreu, por meio da Secretaria de Saúde.

Monsenhor Gil no combate ao Sarampo e Gripe com Dia D de Vacinação  - Imagem 1

Monsenhor Gil no combate ao Sarampo e Gripe com Dia D de Vacinação  - Imagem 2

Segundo a enfermeira chefe do PSF do município, Márcia Eloisa, essa nova ação de vacinação não interfere na campanha de vacinação de combate ao Covid-19, de adultos e crianças. "Vivemos um momento em que as vacinas mais do que nunca mostram que salvam vidas. Portanto não deixem de procurar nossos postos de vacinação e levem suas crianças", disse Márcia Eloisa.

Monsenhor Gil no combate ao Sarampo e Gripe com Dia D de Vacinação  - Imagem 3

Monsenhor Gil no combate ao Sarampo e Gripe com Dia D de Vacinação  - Imagem 4

Monsenhor Gil no combate ao Sarampo e Gripe com Dia D de Vacinação  - Imagem 5

Monsenhor Gil no combate ao Sarampo e Gripe com Dia D de Vacinação  - Imagem 6

Monsenhor Gil no combate ao Sarampo e Gripe com Dia D de Vacinação  - Imagem 7

A Campanha Nacional contra o Sarampo de 2022 ocorrerá de forma simultânea com a Campanha de Vacinação contra a Influenza e será voltada para crianças de seis meses a menores de cinco anos (4 anos, 11 meses e 29 dias), além de trabalhadores da saúde que serão convocados para atualizar a situação vacinal, segundo dados da Secretaria de Saúde do Estado do Piauí. 

Na Campanha Nacional contra o Sarampo o Piauí pretende imunizar 74.744 profissionais da saúde e 210.354 crianças de seis meses a 05 anos de idade. O estado não registra casos de sarampo desde 2019 quando foram confirmados 12 casos da doença.

O sarampo é uma doença infecciosa, aguda, transmissível e extremamente contagiosa, podendo evoluir com complicações e óbito, particularmente em crianças menores de um ano de idade. Para evitar a proliferação da doença a Sesapi, através do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS), segue capacitando para a prevenção e notificação da doença.

“Em dezembro de 2021 reunimos todos os núcleos e vigilâncias do estado para a sensibilização contra a notificação e cuidados em prevenção da doença, principalmente o estimulo à vacinação, melhor forma de prevenir contra o sarampo”, explica a coordenadora do Cievs, Amélia Costa.