Na manhã desta quarta-feira, 14, a Prefeitura de Monsenhor Gil, gestão do prefeito João Luiz e vice Evandro, através da  Secretaria Municipal de Saúde  -  Equipe I de Estratégia em Saúde da Família, em parceria com Núcleo de Apoio a Saúde da Família-NASF, realizaram uma atividade alusiva ao setembro amarelo na UBS Mãe Ester, localizada no bairro Vila Nova.

Monsenhor Gil no seu dia D do Setembro Amarelo  - Imagem 1

Estiveram presentes, a coordenadora das equipes em Estratégia em Saúde da Família (Márcia Heloisa), Enfermeira responsável pela equipe I (Geyna Ribeiro), além dos agentes comunitários de saúde, profissionais de apoio, técnicas de enfermagem, dentista, auxiliar de consultório bucal, médica, assistente social e a psicóloga Lindyane Batista, que realizou uma palestra sobre a Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio.

Desde 2014, a Associação Brasileira de Psiquiatria – ABP, em parceria com o Conselho Federal de Medicina – CFM, organiza, em território nacional, o Setembro Amarelo. O dia 10 deste mês é, oficialmente, o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, mas a iniciativa acontece durante todo o ano. Atualmente, o Setembro Amarelo é a maior campanha anti estigma do mundo. Em 2022, o lema é “A vida é a melhor escolha!” e diversas ações já estão sendo desenvolvidas. 

O suicídio é uma triste realidade que atinge o mundo todo e gera grandes prejuízos à sociedade. De acordo com a última pesquisa realizada pela Organização Mundial da Saúde - OMS em 2019, são registrados mais de 700 mil suicídios em todo o mundo, sem contar com os episódios subnotificados, pois com isso, estima-se mais de 01 milhão de casos. No Brasil, os registros se aproximam de 14 mil casos por ano, ou seja, em média 38 pessoas cometem suicídio por dia.

Monsenhor Gil no seu dia D do Setembro Amarelo  - Imagem 2

Monsenhor Gil no seu dia D do Setembro Amarelo  - Imagem 3

Monsenhor Gil no seu dia D do Setembro Amarelo  - Imagem 4