Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Prefeitura de Monsenhor Gil entra no combate a Dengue, carro "Fumacê" em ação

Prefeitura de Monsenhor Gil entra no combate a Dengue, carro "Fumacê" em ação
Prefeitura de Monsenhor Gil entra no combate a Dengue, carro "Fumacê" em ação |
Compartilhe

Em combate ao mosquito Aedes aegypti, a Prefeitura de Monsenhor Gil vem realizando a pulverização com o carro fumacê nos bairros e locais de maior incidência do mosquito.

É importante que as pessoas abram portas e janelas. A borrifação intradomiciliar ocorrerá sempre no começo da manhã e no final da tarde. É preciso a compreensão de que o carro fumacê só atinge os mosquitos na fase adulta, se faz necessário a colaboração de todos na eliminação dos criadouros, pois a pulverização não mata as larvas do mosquito que estão em água parada, nos baldes, potes, garrafas, caixas d’água abertas, entre outros. 

O fumacê vem para auxiliar nesse processo, mas a incidência de doenças como dengue, zika e Chikungunya só poderão diminuir de forma significativa com a eliminação dos focos do mosquito.

Mesmo com as atenções voltadas para o combate ao Covid-19, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) alerta para redobrar os cuidados para evitar a proliferação do aedes aegypti por causa da dengue e outras doenças transmitidas pelo mosquito.  Segundo dados das autoridades de saúde, cerca de 2% dos pacientes acometidos por dengue precisam ser internados, especialmente aqueles com manifestações hemorrágicas.

Pelo boletim da semana epidemiológica, no mês de março deste ano houve um aumento de 70% do número de notificações de dengue em relação a janeiro/2020. No trimestre de janeiro a março/2020 tinha havido uma queda das notificações de 56% em relação ao mesmo período de 2019. Paralelamente, o número de exames positivos para dengue no Lacen/PI aumentou em 60%.

Segundo o Superintendente de Atenção à Saúde, Herlon Guimarães, estamos passando por um momento de subnotificação da dengue no Piauí por causa da pandemia.   “Pessoas podem estar doentes de dengue em suas residências e por conta do isolamento, não procuram os hospitais. A coexistência dos picos de dengue, zika, chikungunya e Covid-19 pode levar ao colapso do nosso sistema de saúde, tanto do atendimento ambulatorial quanto de internação em ambientes de enfermaria e de unidade de terapia intensiva”, enfatiza Herlon.

Por isso, o superintendente faz um apelo à população para redobrar a limpeza dos ambientes domésticos a fim de evitar a formação de criadouros do mosquito.  “ Os cuidados com a dengue devem ser o ano todo. Qualquer superfície que acumule água pode ser propícia para o mosquito se desenvolver. Vamos redobrar os cuidados para não sermos acometidos duplamente dos vírus do Covid-19 e da dengue”, diz o superintendente.

 (SESAPI)

 


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar