Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

VIA SACRA DE MONSENHOR GIL-PI UM UM MARCO DO TURISMO RELIGIOSO DA CIDADE

VIA SACRA DE MONSENHOR GIL-PI UM UM MARCO DO TURISMO RELIGIOSO DA CIDADE
Foto APAMGIL | Via Sacra
Compartilhe

A Via-Sacra de Monsenhor Gil fica localizada no Morro do Cruzeiro, uma elevação de aproximadamente 100 metros de altura, a qual tem atraído centenas de pessoas da região e visitantes de outros estados para fazer preces e orações diante uma cruz de madeira colocada no local pelos primeiros habitantes da cidade. Antes da construção da Via-Sacra, e por ser considerado um local místico-religioso, os fiéis se arriscavam muito para subir o morro, devido ao seu difícil acesso.

Com a iniciativa do Prefeito José Noronha, o Morro do Cruzeiro foi dotado de uma infraestrutura excelente para receber a população, os visitantes e romeiros de todas as idades, com acesso facilitado até o seu topo. A monumental obra da Via-Sacra de Monsenhor Gil impressiona, à primeira vista, pela sua arquitetura. Ela possui 12 estações e pavimentação ao longo de 2 km que começa em frente à Igreja Matriz até chegar à base do morro, o qual teve seu acesso facilitado com a construção de 322 degraus antiderrapantes, corrimões e um templo da ressurreição no alto do mirante do cruzeiro. A vista do topo do morro revela a beleza daquela pacata cidade.

Inúmeros formadores de opinião da imprensa, empresas de turismo e técnicos do SEBRAE, Secretária de Turismo do Piauí, políticos e, inclusive o Governador Wellington Dias, já visitaram o local e todos eles foram unânimes em dizer que a obra é um marco na história do turismo religioso do município. Segundo a gestora do Projeto Turismo Teresina do SEBRAE no Piauí, Ceres Rebelo, a Via-Sacra de Monsenhor Gil surge como uma nova alternativa para o turismo religiosos do Estado. ?Queremos consolidar esse roteiro como destino a ser visitado não só no período da Semana Santa, mas o ano todo, contribuindo para a geração de trabalho e renda naquela região?, afirma, acrescentando que a Via-Sacra tem um grande diferencial que é a sua proximidade de Teresina, o que torna mais fácil a visitação. Ainda segundo Ceres, o investimento nessa rota pode contribuir para alavancar o turismo religioso, dando destaque para a cidade dentro do roteiro do Caminho de Santa Cruz-Pi.

Entre as ações previstas pela Prefeitura Municipal para garantir a divulgação da Via-sacra estão uma campanha publicitária, que será desenvolvida por agência da capital, e um portal de entrada na cidade, apresentando a nova opção de visita para os turistas que passarem na região.

Para o Prefeito José Noronha, a partir de uma ampla divulgação através da imprensa e dos diversos órgãos e empresas públicas e privadas os atrativos naturais, arquitetônicos e culturais da cidade terão maiores chances de gerar uma ação com fins turísticos que tenha resultados positivos. De acordo com ele, a Via-sacra é um dos equipamentos maravilhoso que o município dispõe, e que precisa ser usado de forma ordenada e planejada, sendo definida como um produto turístico do Estado. ? Com a experiência do Sebrae e de outros órgãos do segmento do turismo, esperamos alcançar com mais eficácia as nossas metas? comenta José Noronha.


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar