Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Estudantes de Oeiras falam sobre a realização de um novo ENEM

Estudantes de Oeiras falam sobre a realização de um novo ENEM
Estudantes que fizeram o ENEM em Oeiras | Emanuel Vital
Compartilhe

Após ter sido suspenso pela Justiça Federal do Estado do Ceará, o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) tem dividido opinião de muitos brasileiros, sobretudo os milhares de estudantes que realizaram as provas do exame no sábado (06) e no domingo (07). A prova de sábado foi marcada por erros de impressão no cabeçalho da folha de respostas e em parte do caderno de perguntas da cor amarela.

O problema levou a juíza da 7ª Vara Federal no Ceará, Karla de Almeida Miranda Maia, a suspender o exame, em caráter liminar, até o julgamento do pedido de anulação do Enem protocolado pelo Ministério Público Federal do Estado (MPF-CE).

Em Oeiras, a reportagem do Meionorte.com ouviu alguns estudantes que dividem opinião sobre o que aconteceu no último Enem. Para muitos a realização de uma nova prova é o caminho mais correto, haja vista inúmeros problemas. Para outros uma nova prova poderia prejudicar aqueles que se saíram bem na prova realizada no último final de semana.



Para a estudante, Luana Custódio da Silva, que cursa a segunda série do ensino médio no Centro de Ensino Médio de Tempo Integral Desembargador Pedro Sá, a realização de uma nova prova é justa, uma vez que vários problemas ocorreram. ?A prova deve ser realizada e para todos não apenas para alguns, já que se fala em vazamento até do tema da redação?; disse



Já a estudante Larissa Mayara da Silva Sá, a realização de uma nova prova é mais do que justa. ?Na sala onde fiz a prova os fiscais não perceberam o erro no caderno de cor amarela. Uma colega percebeu e avisou a um dos fiscais. Acho que deve acontecer uma prova para todos, pois, pode acontecer da prova só para alguns ter um nível inferior a prova anterior?; enfatizou.



Segundo a acadêmica do curso de Administração da Universidade Federal do Piauí (UFPI/UAPI), Danielle Soares, a realização de um novo Enem se viabiliza em função dos problemas que existiram. Ela aponta que para haver um novo exame deve acontecer uma minuciosa análise do calendário dos vestibulares previstos para não prejudicar os estudantes que irão realizar outros vestibulares, pois, pode acontecer uma coincidência de datas.


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar