O município de Oeiras oferta a melhor saúde pública do Piauí na Atenção Básica. A informação foi divulgada pelo Ministério da Saúde e mostra que, no primeiro quadrimestre de 2022, a cidade alcançou o 1º lugar do Estado nos indicadores do Previne Brasil, programa nacional que avalia o desempenho e a qualidade dos serviços de Atenção Primária em Saúde (APS) oferecidos pelos municípios.

No resultado, que leva em consideração dados apresentados pelo painel do Sistema de Informação em Saúde para Atenção Básica (eSuS AB) sobre os municípios, Oeiras obteve nota 9.82 no Indicador Sintético Final, o que representa 98,20% das metas alcançadas. O desempenho foi obtido nos sete indicadores do Previne Brasil, que contemplam as áreas de saúde da mulher, pré-natal, saúde da criança e doenças crônicas.

Além de avaliar a qualidade dos serviços de atenção primária oferecidos aos usuários do sistema público, os resultados obtidos por cada município são utilizados como base de cálculo para o financiamento das ações na área da saúde.

Trabalho qualificado para êxito no Previne Brasil

Desde a instituição do Programa Previne Brasil, Oeiras vem se destacando nas ações de saúde dentro da Atenção Básica. O eSUS-AB foi uma das principais ferramentas na organização de estratégias de saúde no município, que, com a implantação do serviço, iniciou uma série de capacitações com o objetivo de qualificar as equipes que trabalham com a Atenção Básica.

A secretária municipal de Saúde e presidente do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Piauí (Cosems-PI), Auridene Moreira, reforça a importância da qualificação dos profissionais envolvidos e do processo de monitoriamento. “A qualificação e o monitoriamento são muito presentes nas unidades de saúde da família, junto aos profissionais de saúde, observando os indicadores e buscando sempre novas estratégias. O resultado é um mérito conquistado em conjunto com apoio de toda a equipe que faz parte desse trabalho”, argumenta Auridene Moreira.

Para o coordenador municipal dos Sistemas de Informação da Atenção Básica, Reinaldo Ferreira, o trabalho qualificado foi essencial para o êxito de Oeiras no Previne Brasil. “A qualidade da informação tem que começar pelo cadastro, e, para isso acontecer, foi ofertado um curso de informática básica para todos os agentes comunitários de saúde”, relata.

Sobre a atuação da gestão municipal no último quadrimestre, a coordenadora de Atenção Básica de Oeiras, Raimunda Vieira, ressalta o compromisso dos gestores no que se refere à disponibilização das ferramentas necessárias para processos realizados nas UBS. “Para que chegássemos a esse resultado, foram vários passos; dentre eles, o compromisso e o empenho da gestão municipal no que diz respeito a ofertar condições necessárias no desempenho das funções das equipes de estratégia de saúde da família”, finaliza.

Com informações do Cosems-PI