Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

PM de Parnaíba cria grupo especializado para atendimento de grupos vulneráveis

PM de Parnaíba cria grupo especializado para atendimento de grupos vulneráveis
Ao todo serão 20 policiais militares destacados do 2º Batalhão da PM. | João Júnior
Compartilhe
Google Whatsapp

Durante a manhã desta terça-feira (01/12) foi lançado em Parnaíba, no litoral do Piauí, o Grupamento de Atendimento Especial à Criança ao Idoso e a Mulher (GAECIM). Ao todo serão 20 policiais militares destacados do 2º Batalhão da PM, trabalhando no atendimento as ocorrências que envolvam os grupos vulneráveis da sociedade.

Segundo o comandante do 2º BPM, major Adriano de Lucena, as guarnições do GAECIM serão compostas por três policiais, sendo dois homens e uma mulher. Para esses policiais militares serão canalizadas as ocorrências que exijam atendimentos mais especiais e delicados. O grupamento será sediado na antiga base do Ronda Cidadão de Parnaíba, na avenida Dr. João Silva Filho, no bairro Piauí.

“Nós entendemos que é preciso a presença da mulher na guarnição policial. Principalmente para atender aquelas situações da violência doméstica, de emponderar aquela mulher agredida, aquela que está sento atingida na sua condição de mulher. Dessa forma, sempre as equipes serão formadas por dois homens e uma policial feminina”, explicou o major Lucena.

Ainda de acordo com o comandante, além da equipe policial militar de atendimento, está sendo fomentada uma rede de atendimento formada por todos os órgãos que concretamente atuam durante o atendimento de uma ocorrência aos grupos vulneráveis. Segundo informações, essa rede tem como objetivo agilizar o atendimento e minimizar os riscos de traumas advindos das possíveis demoras.

Farão parte dessa rede o Núcleo de Enfretamento a Violência Doméstica (NEV), o Centro de Referência da Assistência Social (CRAS), Serviço de Apoio à Mulher Vítima de Violência Sexual (SAMVIS), Conselho Tutelar, a Polícia Civil, IML, Perícia Criminal, Ministério Público, Poder Judiciário, Defensoria Pública e demais entidades envolvidas nestes atendimentos.

“O GAECIM não veio só para fortificar o NEV, mas também para dar apoio ao Núcleo Multidisciplinar Lei Maria da Pena e ao poder judiciário. O grupamento também nos auxiliará no cumprimento das medidas protetivas para as mulheres e à todas as pessoas que são vítimas de violência”, disse o gestor operacional do NEV de Parnaíba, Raimundinho Santos.

Presente na solenidade de lançamento do projeto, o prefeito de Parnaíba, Florentino Neto, afirmou que o município já dispõe de uma estrutura de assistência a esses grupos vulneráveis da sociedade. Para ele, o grupamento irá fortificar o atendimento e diminuir os transtornos.

“A Prefeitura de Parnaíba tem se esforçado nesse sentido e é importante que façamos a conscientização dos demais. Nas residências ocorrem vários tipos de crimes, inclusive de abuso sexual de crianças e de violência doméstica a mulher. Se nós queremos fazer uma sociedade justa, fraterna, solidária e que reconheça que todos têm direitos, não podemos conviver com este tipo de violência”, ponderou o prefeito municipal, Florentino Veras Neto.

Por Kairo Amaral
Fotos: João Júnior / Rede Meio Norte


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto