Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Roque Uchoa, falou que é contra as blitz em Pedro II

Compartilhe



Vereador Roque Uchoa (PDT), na última sessão da Câmara Municipal de Pedro II, segunda feira (16), lamentou o fato da pessoa responsável por lhe ter acidentado, de forma irresponsável por está alcoolizado, o veículo sem farol e ainda lhe atropelou já fora da sua mão, não pagou todas penas alternativas que foi condenado, uma delas prestar serviço comunitário para o Fórum local.

Roque, também disse ser contra a disciplina do transito dá maneira como está sendo feita, porque a maioria dos condutores não tem habilitação e a documentação do seu veículo está atrasada e por custar um valor alto e de ser demorado para que uma pessoa possa andar de forma regular é necessário que aumente o prazo para cobrança desses documentos.

O mesmo também sugeriu a criação de um incentivo de dispensa de emplacamento, anistiando os anos anteriores e cobrando somente o ano atual para frente, porque segundo o vereador, a maioria dessas pessoas que estão irregulares não é porque queiram e sim por falta de condições financeira de atualizar o emplacamento de seus veículos e ter sua habilitação.

Para o Vereador Roque Uchoa, a população da região está amedrontada com as blitz que são realizadas na cidade, ao ponto de não quererem mais nem vir à cidade para fazerem suas compras, o que termina prejudicando seriamente o comércio de Pedro II, por está deixando de vender, porque as pessoas têm medo de chegar aqui na cidade e perder seu veículo por conta dessas blitz.

O parlamentar também abordou a quantidade de cavaletes que estão espalhados na passarela central das duas Avenidas, que está prejudicando a passagem dos pedestres o que não é permitido pela Lei Eleitoral e que até o momento nenhuma providência foi tomada pela Justiça Eleitoral.

Com relação às pessoas a construírem no espaço destino aos pedestres (calçada), o mesmo falou que essa situação vem crescendo de forma sem controle causando um desalinhamento dos muros, casas, prejudicando a visibilidade das Ruas e Avenidas e por outro lado também cresce o perigo quando se tira um muro ou casa do alinhamento, porque fica os espaços que poderão servir de abrigos para marginais.


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar