Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Universidade Cruzeiro do Sul realiza a I Feira das Profissões em Pedro II

Universidade Cruzeiro do Sul realiza a I Feira das Profissões em Pedro II
FEPRO | Edinardo Pinto
Compartilhe
Google Whatsapp

Em Pedro II, Universidade Cruzeiro do Sul por meio de seu parceiro Instituto Zarynha de Educação realizou na manhã desta quarta-feira (03), a sua I Feira das Profissões e contou com a participação de escolas que estiveram representadas pelos seus alunos e professores. O evento contou com a participação também de alguns profissionais, que relataram suas experiências no trajeto do estudo até chegar a concretização de seu sonho profissional.

Um dos palestrantes foi a Dra. Esmaela Macêdo, que falou de seu sonho de criança de ser advogada, contrariando a própria tradição de sua terra natal Poranga – Ceará e da sua própria família tendo alguns já formados na área do magistério. A mesma também falou dos desafios enfrentados e superados para chegar aonde está hoje, com a sua realização profissional dentro da advocacia.

Antônio José dos Santos, falou da descoberta de um sonho concretizado de uma forma não planejada, mais que após exercer a atividade de radialista por acaso,  descobriu ser uma das profissões de paixão, assim como a fotografia, que depois de um certo tempo também passou a fazer de forma prazerosa e hoje leva muito a sério ao ponto de estar se graduando pela Universidade Cruzeiro do Sul.

Willian Moreira, falou da sua vontade de se profissionalizar na área de sistema dentro da informática e que pudesse desenvolver alguns projetos e pesquisas, o que ainda começou após a conclusão de seu curso superior pela UFPI, o que não teve como concluir seu mestrado pela falta de investimentos na área para pesquisas, o que fez ele voltar a sua terra natal, Pedro II e se habilitar para lecionar a matéria, o que só tomou gosto pela profissão só após está exercendo a mesma.

Leonardo Batista Macedo, disse que após voltar a morar em Pedro II, depois de uma certa temporada morando em Picos, teve que ingressar como influenciador digital, serviço esse ainda não conhecido em Pedro II na época, até porque a internet ainda estava em fase de adaptação e que poucas pessoas contavam com esse mecanismo tecnológico. Mesmo assim fez visitas em algumas empresas e ofereceu seu serviço de divulgação, onde no início foi muito difícil, mas hoje o seu trabalho está muito bem aceito e tem tido uma boa aceitação pelos resultados que as empresas parceiras tem tido.

Agda Pereira, disse que sempre se identificou com a educação física e para concretizar o seu sonho teve que ir para Teresina para cursar pela UFPI, o que logo após o termino do seu curso retornou a Pedro II, onde já está trabalhando como personal trainer, em uma academia e é professora de educação física na Rede Objetivo de Ensino de Pedro II, o que trabalhar nessa área para ela, se torna uma diversão pela sua vocação.  

Samuel Ferraz, fez a última palestra, bastante aguardada pela forma desenvolvida por ele para estudar e ter além do prazer a absolvição do conteúdo estudado, o que fez o mesmo ter nota suficiente para ingressar no curso de medicina por cinco vezes na prestação do exame do ENEM (Exame Nacional de Ensino Médio), o que terminou trocando pela a de empreendedorismo, compartilhando com outras pessoas o que ele aprendeu.  

À noite, Samuel Ferraz, ministrou o curso para os pais dos alunos da Rede Objetivo de Ensino focando essa temática.

Para a Consultora Comercial da Universidade Cruzeiro do Sul, Daiana Galeno, essa iniciativa foi criada pela própria universidade, para proporcionar ao aluno uma maior segurança na escolha do curso, para que o preparo acadêmico que o mesmo venha a fazer possa estar atrelado a profissão que o mesmo se identifique. “Essa Feira das Profissões teve esse objetivo de criar essa expectativa por parte dos estudantes em se identificar com o que faz e de uma forma muito profissional, o que irá gerar uma qualidade no serviço que este profissional irá oferecer por estar em uma profissão vocacionada”. Disse, Daiana Galeno.

A professora Ana Jaira, mantenedora do Instituto Zarynha de Educação, disse que a feira foi muito louvável por ter a participação dos alunos que estão concluindo o ensino médio e que logo estarão indo se profissionalizar por meio de muitos cursos que são oferecidos no mercado educacional. Acreditamos que os depoimentos dados pelos nossos convidados contribuíram para que eles tenham esse cuidado de está se profissionalizando, se qualificando em uma profissão que o mesmo se identifique. “Aproveitamos o momento para oferecer alguns descontos para os alunos que tivessem interesse de dá continuidade com seus estudos em uma determinada área que está inserida na grade dos nossos cursos”. Disse, Ana Jaira.           


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto