Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Trabalhadores em Educação fazem manifestação pelas ruas da cidade e em frente a Prefeitura e Secretaria de Educação

Trabalhadores em Educação fazem manifestação pelas ruas da cidade e em frente a Prefeitura e Secretaria de Educação
Alunos manifestam em apoio aos professores | Ronaldo Figueiredo
Compartilhe

Nesta quarta-feira, dia 22, houve a sétima paralisação, neste semestre, dos trabalhadores em educação do município de Redenção do Gurguéia, comandada pelo Sindicato da classe ? SINTERG.

Esta paralisação foi uma grande manifestação dos trabalhadores em educação com faixas, cartazes, etc., contaram com a presença da CUT do Piauí: O Diretor Paulo Bezerra e o presidente prof. Manuel Rodrigues. A manifestação percorreu as ruas da cidade e órgãos como Câmara Municipal, Prefeitura e Secretaria municipal de Educação. Na Câmara fez-se uma parada onde o presidente da CUT reivindicou o apoio dos vereadores na luta da classe para resolução do atraso de salário. A segunda parada foi em frente à Prefeitura e Secretaria em Educação, o principal objetivo da manifestação. ali acompanhou o coro uníssono do grito de guerra dos trabalhadores: ?servidor na prefeitura, a culpa é sua?, além das falas dos membros da Diretoria do SINTERG sobre as mazelas, o descaso, a humilhação, a indignidade, a enganação que a classe vem padecendo ao longo dessa administração no comando do Secretário Onário Guimarães Pereira e o Prefeito Moaci da Rocha Amorim. Dentre tantas mazela, direitos lesados, a principal reivindicação foi o atraso de salário, que já chega a três meses. A Vice Presidente e presidente do SINTERG mostram sua indignação dizendo que desde março tentam junto à Secretaria de Educação uma solução para o problema, mas não vêm nenhuma preocupação ou interesse por parte dos gestores, pois segundo a vice-presidente o nome ??QUALIDADE?, o mais usado na educação, não faz mais parte do dicionário desses gestores e que governa como nos anos 80, enganando como se não existisse hoje a tecnologia, e segundo a presidente a única preocupação do secretário e prefeito é massacrar, pressionar e ameaçar os trabalhadores. ?mas a classe não tem medo, não vai desistir, vamos continuar lutando, pois a ditadura já passou?. Disse a presidente. O Diretor da CUT falou da situação vergonhosa em que se encontra o Município no quesito atraso de salário, dos compromissos dos trabalhadores com água luz, supermercados. Falou ainda que prefeito que não paga em dia deve ser esquecido pela comunidade. O presidente pegou a deixa do diretor e falou aos comerciantes que quando os trabalhadores não pagam as contas quem dá calote é o prefeito que não paga, que o mínimo que um administrador faz é pagar o funcionário em dia, que administrador como esse deve ser banido. Falou sobre o dinheiro do FUNDEB, que entra, religiosamente nas contas, todo mês. Disse ele: ? tem algo errado nessa administração, portanto, se o prefeito não dá conta de pagar o salário em dia deve renunciar?. Concluiu suas palavras dizendo que ele, como instituição,junto com o Sindicato vão resolver esta situação vergonhosa.

Resta no cronograma do Sindicato as últimas paralisações para o dia 30 deste mês, onde os trabalhadores decidirão o que fazer, pois não dá mais para esperar por resolução de secretário de educação e prefeito que nunca vem.














Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar