Com certeza você já ouviu o nome de Abel Ferreira, ex-lateral direito e atual treinador do Palmeiras. O técnico português assumiu o comando do clube em 30 de outubro de 2020, depois rescindir contrato com o PAOK, da Grécia. Durante o tempo que está à frente do verdão, o treinador tem colecionado títulos e movimentado as casas de apostas brasileiras. A diretoria palmeirenses se mostra satisfeita com Abel e, em março deste ano, anunciou a renovação de contrato do técnico até o final de 2024.

 

Em seu ano de estreia no Palmeiras, Abel conquistou dois títulos:  a Copa do Brasil, contra o Grêmio, e a Copa Libertadores, contra o Santos. No ano seguinte, em 2021,ganhou a Copa Libertadores novamente, desta vez em finaldisputada contra o Flamengo. Foi assim que o ex-lateral se tornou o único técnico estrangeiro a faturar duas taças da Libertadores à frente de um time brasileiro. Com a conquista do Campeonato Paulista de 2022, o português se tornou o primeiro treinador da história do clube alviverde a ganhar um título regional, um nacional e um internacional.

 

A história de Abel Ferreira com o futebol

 

Abel nasceu na pequena cidade portuguesa de Penafiel. E foi ali, naquela mesma cidade, que ele iniciou sua trajetória no futebol. Com muito foco e dedicação, se tornou jogador profissional em 1997 e seguiu no time da sua cidade natal até 2000. Abel não deixou os estudos de lado e também se formou em educação física.

 

Depois, o jogador mais caro da história do Penafiel, foi negociado com o Vitória de Guimarães, onde passou a ser comandado pelo técnico brasileiro Paulo Autuori. Além de Paulo, outro comandante brasileiro esteve presente e foi muito importante na carreira de Abel: Luiz Felipe Scolari, o Felipão, convocou o ex-lateral para defender a seleção portuguesa em 2008. 

 

Entre os anos de 2006 e 2011, o português teve sua passagem mais longa por um time, o Sporting. No clube, ele conquistou duas Supertaças e duas Taças de Portugal. Ao longo de sua trajetória como jogador profissional, o atual comandante do verdão marcou poucos gols: foram apenas 7. 

 

Abel Ferreira sempre foi um lateral direito de muita personalidade, mas uma série de contusões no ligamento do joelho esquerdo o impediram de seguir com a sua carreira. Sem condições físicas para seguir jogando, a aposentadoria chegou de forma precoce, aos 33 anos.

 

Foi então que Abel saiu de dentro das quatro linhas para atuar na beira do campo: ainda no Sporting, ele passou a comandar a divisão de base do clube. Em 2017, o técnico assinou com o Braga e teve a sua primeira oportunidade de dirigir um time da primeira divisão do futebol português. 

 

O ex-lateral apresentou ótimos resultados e colocou o time no 4º lugar da tabela do campeonato português, a melhor colocação da história do Braga até então. Dois anos depois, em 2019, o PAOK pagou uma multa de 2,5 milhões de euros para levar o técnico para a Grécia. O português comandou o time grego até o ano seguinte, quando aceitou o desafio de chefiar o Palmeiras.

 

Abel Ferreira no Palmeiras 

O ex-lateral foi anunciado oficialmente como técnico do Palmeiras em outubro de 2020. Dias depois, fez a sua estreia no comando do time ganhando do Bragantino pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Abel Ferreira seguiu mostrando resultados e fazendo história: ele é o treinador com o maior número de vitórias pelo verdão e ainda estabeleceu um recorde de jogos vencidos em sequência, um total de dez. Quando o assunto é Copa Libertadores, os números do português também impressionam: foram 15 vitórias em 20 confrontos

 

Abel é considerado uma das maiores revelações dessa geração de técnicos portugueses e disse que aceitou a proposta do Palmeiras porque acreditava que o time, com toda sua grandeza e tradição, seria capaz de ajudá-lo a alcançar seus objetivos. Antes mesmo de assumir o comando do verdão, fez questão de deixar claro que não atravessaria o Atlântico para passar férias. 

 

O treinador, que já atuava na elite do futebol há três anos, estava em busca do primeiro título da sua carreira. E não demorou muito para que o ex-lateral realizasse este sonho: no dia 30 de janeiro de 2021, ele foi campeão da Libertadores apenas 26 jogos após assumir o comando do clube. No seu primeiro ano como treinador do verdão, Abel Ferreira ainda ganhou a Copa do Brasil. 

 

E os feitos do português não param por aí. Em novembro do mesmo ano, após bater o Flamengo, ele faturou sua segunda Libertadores. O quarto título veio em março de 2022, quando o time venceu o Atlético Paranaense e levou a Recopa Sul-Americana. 

 

Em abril, o Abel Ferreira conquistou o Campeonato Paulista em final disputada com o São Paulo. Alcançando a incrível marca de cinco títulos, Abel Ferreira consolidou, ainda mais, a sua trajetória vitoriosa no Palmeiras.