Pela primeira vez, desde a sua criação, a Copa do Mundo é disputada no final do ano. Assim, entre 21 de novembro e 18 de dezembro de 2022, 32 times vão disputar a 22ª edição da Copa do Mundo FIFA, no Catar, com sete cidades-sede a acolher o evento esportivo.

 

A Copa do Mundo e outras competições internacionais lideram o top de apostas desportivas, numa indústria onde o futebol é rei. Pode, na Betway, consultar os calendários, resultados e eventos de vários esportes em todo o mundo.

 

A primeira edição da Copa aconteceu no Uruguai, em 1930. Depois disso, com exceção dos anos 1942 e 1946, em que o evento foi cancelado devido à II Guerra Mundial, de quatro em quatro anos, sobe ao pódio o vencedor da competição.

 

O Brasil, parte para o Catar em busca do hexa, e é a seleção com mais títulos, o último dos cinco em 2002, na Coreia do Sul; Seguem-se as seleções da Alemanha e Itália, com quatro títulos cada uma e, em quarto, quinto e sexto lugar, a Argentina, França e Uruguai, cada uma com dois títulos de campeão do mundo.

 

No que respeita as confederações de futebol, a UEFA (União de Associações Europeias de Futebol) domina com 12 títulos, seguida da CONMEBOL com nove títulos: cinco do Brasil, dois da Argentina e dois do Uruguai.

 

Quem destronará a França, atual campeão do mundo - título conquistado em 2018, na Rússia? 

 

Com as vagas quase preenchidas para o Catar, listamos, de entre as já apuradas, as seleções mais valiosas. Pode, na Betway, consultar as equipes já apuradas e saber quais as que ainda vão disputar repescagem.

 

As seleções mais valiosas

A encabeçar a lista de seleções mais valiosas, a Inglaterra - curiosamente com apenas um título de campeão, na longínqua Copa do Mundo de 1966, disputada no país onde nasceu o futebol. O plantel inglês, com média de idade de 25 anos, vale 1,04 bilhão de euros (R$ 5,5 bilhões).

 

No segundo lugar do pódio, a atual campeã França. O plantel que conta com jogadores como Pogba e Mbappé, vale 970,5 milhões de euros (R$ 5,1 bilhões). A seleção foi campeã em 1998 e em 2018 e vice-campeã, em 2006.

 

No terceiro lugar, o Brasil com média de idades de 27,3 anos e um valor de 846 milhões de euros (R$ 4,3 bilhões). A seleção pentacampeã conta com dois dos jogadores mais caros do Catar:  Vinicius Junior, em segundo, e Neymar, em quinto lugar.

 

A Espanha, campeã do mundo em 2010, está avaliada em 783,5 milhões de euros. Com média de idades de 25,3 anos, a seleção espanhola, conta com nomes como Pedri, Rodri, Llorente e Gavi, que encabeçam os jogadores com maior valor de mercado.

 

A fechar o top 5, uma seleção que nunca ganhou nenhum título do mundo, mas campeã da Eurocopa em 2016, Portugal vale 747,5 milhões de euros, com nomes como Cristiano Ronaldo, Pepe, Bernardo Silva e Bruno Fernandes, entre muitos outros.

 

Sites especializados, como a Betway, mantém estatísticas atualizadas sobre estas e outras questões, numa forma divertida de experienciar o esporte.