Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Acusado de encarcerar e abusar de jovem vai para a cadeia

Acusado de encarcerar e abusar de jovem vai para a cadeia

Compartilhe

O comerciante Raimundo Gomes da Silva, 61 anos, acusado de aprisionar, estuprar e amea?ar por quase uma d?cada uma jovem de 19 anos, se entregou ? pol?cia de Luzi?nia (GO) na manh? de ontem. Ele estava na casa de uma sobrinha, em S?o Paulo, desde o ?ltimo dia 7.

Era acompanhado pela filha mais velha, de 31 anos, que o convenceu a se apresentar. No depoimento, ele assumiu o relacionamento com a jovem, mas negou t?-la acorrentado e a participa??o nos assassinatos da m?e da v?tima, do beb? que, segundo a mo?a, era filho dele e do fazendeiro Marcos Pereira Rodrigues, morto em 2005. Ficar? preso at? o fim da apura??o do caso e deve responder pelos crimes de atentado violento ao pudor, recepta??o de objetos roubados e c?rcere privado.

Raimundo garantiu que tinha um ?relacionamento legal? com a menina, mas deixou claro: ?N?o amava ela. Nunca amei ningu?m?. A jovem afirma ter sido estuprada aos 10 anos, engravidado aos 13 e passado dois anos acorrentada em um por?o sujo e escuro no bar Vagalume, do comerciante, no bairro Sol Nascente. A titular da Delegacia de Atendimento ? Mulher (Deam) de Luzi?nia, Dilamar Castro, afirma que h? in?meras contradi?es no depoimento do acusado e que ?ele parece estar mentindo?. Raimundo est? detido no Centro de Pris?o Provis?ria da cidade goiana, onde aguardar? o fim das investiga?es policiais. A jovem e a filha de 5 anos, fruto da viol?ncia sexual do comerciante, foram encaminhadas para uma casa de assist?ncia social em Goi?nia, onde devem ficar por 15 dias.

A filha mais velha de Raimundo ? do casamento com a ex-mulher ? decidiu levar o pai para S?o Paulo depois de ele ter sido espancado dentro do pr?prio bar, em 5 de fevereiro. ?Achei melhor tirar ele daqui. Mas quando ele disse que era inocente, que n?o tinha feito nada com a menina, o convenci a voltar?, revelou a mulher ao Correio. Ela e o pai sa?ram da capital paulista em um ?nibus clandestino na noite de quinta-feira. Segundo o delegado plantonista da Ciops de Luzi?nia, Hernane de Oliveira, a dupla chegou ao local ?s 6h30 de ontem.

?Local de descanso?

Acionados pela equipe do Ciops, os agentes da Deam chegaram ao local minutos depois e levaram o comerciante para prestar depoimento. Por tr?s horas seguidas, sem a presen?a de advogados, Raimundo contou sua vers?o da hist?ria. Negou que o por?o do bar Vagalume fosse um c?rcere. Segundo ele, tratava-se apenas de ?um local de descanso? e a corrente, supostamente usada para prender o tornozelo da adolescente, um objeto para passar o tempo: ?gostava de ficar balan?ando?, disse.

O acusado negou ainda o assassinato do beb? de dois meses, filho da jovem. Disse que a crian?a n?o ? dele e que a teria devolvido ao pai verdadeiro, um suposto amante da adolescente que vive em Planaltina de Goi?s. ?Era uma crian?a negra, n?o podia ser filha dele. Eu mesmo a preparei para ele levar ao pai. Ela (a v?tima) n?o queria mais cuidar do menino?, defendeu a filha mais velha de Raimundo, que n?o quis revelar o nome.

Raimundo negou outros dois assassinatos. O primeiro ? o da m?e da jovem, ocorrido em dezembro de 2004, em Samambaia. Na ocorr?ncia do crime, o comerciante aparece como suspeito de ser o mandante do homic?dio. Ele tamb?m nega ter matado o fazendeiro Marcos Pereira Rodrigues, por conta de uma rixa sobre um terreno no Jardim Europa, em Luzi?nia. Mas a investiga??o continua. Al?m de a jovem garantir que presenciou o homic?dio dentro do bar Vagalume, a pol?cia encontrou ontem o documento de identidade do fazendeiro no estabelecimento de Raimundo.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar