Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Acusado de homicídio torturado no Ceará

O crime de tortura muito se assemelhou às cenas do filme brasileiro Tropa de Elite

Compartilhe

Autoridades policiais e da Ordem dos Advogados do Brasil - sec??o Cear? (OAB-CE) apuram den?ncia de tortura contra um preso da Justi?a na Regi?o Cariri.Francisco das Chagas, mais conhecido como Gilmar, est? preso na cadeia de Nova Olinda e segundo o advogado dele, Jos? Nunes, quatro homens encapuzados, n?o identificados, teriam levado o preso para a Serra de Santana do Cariri, na noite do dia 6 de mar?o de 2008, onde Gilmar foi terrivelmente torturado. De acordo com o advogado Jos? Nunes, tudo foi feito com a coniv?ncia do comandante da PM de Nova Olinda, sub-tenente Roberto Paulino de Freitas.

O crime de tortura cometido contra Francisco das Chagas muito se assemelhou ?s cenas do filme brasileiro Tropa de Elite. Segundo o advogado da v?tima, os quatro homens lhe apontaram uma arma na cabe?a e o sufocaram com saco pl?stico. Tudo na tentativa de que Francisco das Chagas, o Gilmar, confessasse ser autor do um duplo homic?dio contra as irm?s Carmina Homem de Souza e Cristina Rosa de Souza, no dia 28 de janeiro de 2008, em Santana do Cariri. Ele est? preso preventivamente por que ? o principal acusado de ter cometido o crime contra as duas idosas, mas mesmo diante da tortura n?o confessou ser o autor do duplo homic?dio.

O advogado de Francisco das Chagas, Jos? Nunes, disse ainda que no percurso de volta ? cadeia, onde o preso foi devolvido, os homens teriam amea?ado tirar a vida do preso e de sua m?e caso algu?m ficasse sabendo do que havia acontecido.

Inquieto e com medo de ser mais uma vez v?tima de tortura, Francisco Gilmar revelou detalhes do que sofreu nas m?os dos quatro homens naquela noite de tortura ao advogado dele, Jos? Nunes. Por sua vez, o advogado n?o se omitiu diante dos fatos e encaminhou uma den?ncia sobre o crime de tortura cometido contra seu cliente ? Delegacia Regional do Crato, ? sub-sec??o da OAB-CE, tamb?m no munic?pio de Crato e ao presidente da OAB-CE, H?lio Leit?o.

O delegado titular da Delegacia Regional do Crato, Jurandir Costa, instaurou inqu?rito para apurar o caso. O presidente da sub-sec??o da OAB-CE, no Crato, Francisco Bacural, disse que a OAB vai ajudar nas investiga?es atrav?s da Comiss?o de Direitos Humanos. De acordo com o presidente da OAB-CE, H?lio Leit?o, que tamb?m j? tomou conhecimento da den?ncia, o desejo da institui??o ? chegar ? verdade sobre os fatos e puni??o dos culpados.

O comandante da PM de Nova Olinda, sub-tenente Roberto Paulino de Freitas, negou todas acusa?es que pesam sobre ele. Segundo Paulino, o preso n?o saiu da cadeia e ele concorda com a id?ia de que seja aberto um inqu?rito ou processo administrativo para apurar tudo, por que se trata de uma acusa??o muito grave. ?Eu jamais faria uma coisa dessas. Eu tenho uma fam?lia e filhos para criar?. Ele argumentou ainda que n?o tinha nada haver com o caso, j? que o preso ? da Justi?a e n?o dele. Portanto disse n?o ter motivos para se meter nessa hist?ria.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar